TJSP na Mídia: Blog do Fausto Macedo, do Estadão, passa a publicar podcasts do Tribunal

Primeira postagem traz episódio sobre “O Crime da Mala”.

blog do jornalista Fausto Macedo, do jornal O Estado de São Paulo, publicou, nesta quinta-feira (26), o primeiro episódio do podcast “Casos Forenses”. A iniciativa é fruto de uma parceria entre o TJSP e a página, que passará a veicular os programas produzidos pela Corte, incluindo o “Juridiquês Não Tem Vez”.
A matéria destaca o esforço do Tribunal em preservar e difundir os fatos mais marcantes de sua história centenária, que conta com cerca de 90 milhões de processos arquivados e outros 20 milhões em curso. “É um banco de dados e casos de perder de vista, registros e vestígios da intensa rotina judiciária que fascina pesquisadores, historiadores e juristas”, afirma o jornalista.
A primeira publicação aborda o episódio dedicado ao “Crime da Mala”, lançado em agosto de 2022, que trata de um assassinato de grande repercussão na década de 1920, envolvendo um imigrante italiano, uma mala suspeita encontrada no Porto de Santos, caçada policial, júris realizados na sede do TJSP e uma jovem inocente.
Idealizado pelo presidente da Comissão de Gestão da Memória e coordenador do Museu do TJSP, desembargador Octávio Augusto Machado de Barros, e produzido em uma ação conjunta de diversas diretorias da Secretaria da Presidência do Tribunal, o podcast “Casos Forenses” resgata processos emblemáticos do Judiciário paulista por meio de entrevistas com especialistas, pesquisadores e pessoas que tiveram alguma relação com o caso.
Já o “Juridiquês Não Tem Vez”, que também será veiculado pelo blog, aborda questões jurídicas com uma linguagem fácil e acessível, trazendo debates da atualidade, decisões de impacto para a coletividade, novidades legislativas, julgamentos que marcaram época e dúvidas dos ouvintes.  Os podcasts podem ser acompanhados em diversas plataformas de streaming, como Spotify e Apple, bem como na página oficial do TJSP no YouTube.

Comunicação Social TJSP – RD (texto) / MK (arte)
imprensatj@tjsp.jus.br

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJSP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × um =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?