TJSC participa do III Encontro Nacional de Memória do Poder Judiciário em Porto Alegre

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina esteve presente ao III Encontro Nacional de Memória do Poder Judiciário (III Enam), sediado em Porto Alegre (RS) entre os dias 10 a 12 de maio, através da participação da presidente da Comissão de Gestão de Memória do Poder Judiciário de Santa Catarina, a desembargadora Haidée Denise Grin, e do servidor Adelson André Brüggemann, chefe da Divisão de Documentação e Memória do Judiciário.

A data da abertura do Encontro coincidiu com o Dia da Memória do Poder Judiciário Brasileiro, instituído pelo Conselho Nacional de Justiça pela Resolução CNJ n. 316/2020, com a finalidade de resgatar, valorizar e preservar a história da Justiça brasileira registrada em documentos, processos e arquivos, entre outros.

O evento reuniu mais de 350 magistradas, magistrados, servidoras e servidores do Judiciário de todos os Estados e teve por tema “Estruturando a memória”. Durante os dias de evento, os palestrantes debateram assuntos como a importância da memória do Judiciário e sua preservação, a importância da gestão documental, a estruturação dos cargos de historiador, arquivista, museólogo e bibliotecário, além de questões sobre concursos, convênios e contratos correlatos.

A cerimônia de encerramento ocorreu no plenário do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) e contou com a presença da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Rosa Weber.

Este ano, o III ENAM foi realizado em parceria com o CNJ,  e de forma conjunta com cinco tribunais sediados no Rio Grande do Sul: Tribunal de Justiça (TJRS), Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT4), Tribunal de Justiça Militar (TJMRS), Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS) e Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). Em 2024, o evento vai ocorrer em São Paulo, e será realizado em conjunto com os tribunais lá sediados.

Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros – Reg. Prof.: SC00445(JP)
O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJSC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − três =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?