Pernambuco contabiliza 22,6 mil atendimentos a eleitores para coleta biométrica

A Justiça Eleitoral totaliza, até o momento, 22.608 coletas biométricas em todo o Estado de Pernambuco. A maior parte dos atendimentos estão concentrados no Recife e na Região Metropolitana, com 21.884 coletas biométricas (96,8% dos atendimentos). Os demais atendimentos estão entre as Regiões da Zona da Mata, Agreste e Sertão.

Ao todo, 26 cidades estão aptas a oferecerem o serviço aos eleitores e eleitoras no Estado. A capital pernambucana foi a primeira a reiniciar o cadastramento biométrico em fevereiro, após a suspensão, em março de 2020, por causa da pandemia da Covid-19. Em seguida, Jaboatão dos Guararapes e Olinda começaram o atendimento em março.

Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Paulista, Ipojuca, Abreu e Lima, Igarassu, Ilha de Itamaracá, São Lourenço da Mata, Moreno, Vitória de Santo Antão, Escada, Capoeiras, Correntes, Saloá, Águas Belas, São Bento da Una, Pesqueira, Belo Jardim, Sertânia, Buíque, Floresta, Belém de São Francisco e Petrolândia estão realizando a coleta biométrica, serviço que é destinado às eleitoras e aos eleitores que vão tirar o primeiro título, bem como para alistamento eleitoral (1º título).

Com o cadastro das impressões digitais e fotografia no banco de dados da Justiça Eleitoral, os eleitores conseguem, na hora da votação, agilizar o processo de identificação.

O atendimento ao público acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, mediante agendamento pelo site do TRE-PE. Para agendar, acesse o site do TRE-PE (www.tre-pe.jus.br). Caso seja o primeiro título, o eleitor deverá primeiramente acessar o Atendimento Remoto >> Autoatendimento ao Eleitor e preencher os dados.

Em caso de dúvidas, basta acessar o atendimento remoto disponível no site ou ligar para o Disque Eleitor no telefone (81) 3194-9400.

Fonte: TRE-PE

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Via
Foto: Arquivo
Fonte
CNJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + 6 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?