Confira o resultado da eleição suplementar deste domingo em Divisa Alegre (MG)

Votação para prefeito ocorreu das 8h às 17h deste domingo (2)

Os eleitores de Divisa Alegre (MG) elegeram, neste domingo (2), Ademir Alves (PP) o novo prefeito do município, com 2.240 votos (72,33% dos votos válidos). Na eleição, houve 112 votos nulos (3,4%) e 81 votos em branco (2,47%). Manuel dos Santos Souza (PP) foi eleito vice-prefeito na chapa. A votação no município ocorreu das 8h às 17h.

Os candidatos adversários Maria Aparecida Ferraz Sposito (PT), Gerson Matos Pereira (PSB) e Paulo Fábio Lopes Costa (PTB) obtiveram, respectivamente, 656 votos (21,18% dos votos válidos), 121 (3,91%) e 80 votos (2,58%).

Divisa Alegre tinha 5.307 pessoas aptas a votar neste domingo. O município do Norte de Minas Gerais tem 14 seções eleitorais, distribuídas por três locais de votação. Foram utilizadas 14 urnas eletrônicas e mais seis de contingência. O resultado da eleição pode ser consultado no sistema Resultados, desenvolvido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Histórico

Em Divisa Alegre, a prefeita eleita em 2020, Renilda Pereira de Sousa e Silva (PL), teve a candidatura indeferida pelo TSE, em razão de ter apresentado o pedido de registro, em substituição da então candidata Célia das Virgens, fora do prazo legal de 20 dias antes da eleição.

Uma eleição suplementar foi realizada em 11 de dezembro de 2022. Entretanto, o pleito foi anulado pelo TRE-MG, pois o partido que lançou a chapa mais votada para prefeito não estava regular no município, inviabilizando a candidatura.

Outras eleições suplementares

Os pleitos suplementares estão previstos no Código Eleitoral, artigo 224, parágrafo 3º. De acordo com o dispositivo, devem ser marcadas novas eleições sempre que houver, independentemente do número de votos anulados e após o trânsito em julgado, “decisão da Justiça Eleitoral que importe o indeferimento do registro, a cassação do diploma ou a perda do mandato de candidato eleito em pleito majoritário”.

Além de Divisa Alegre, sete outros municípios de Minas Gerais já realizaram novos pleitos em virtude da anulação das Eleições 2020 nas localidades. Em 2021, houve eleição em Campestre e Espera Feliz (13 de junho), São Gonçalo do Sapucaí (4 de julho), Antônio Carlos e Ibertioga (1º de agosto) e Pedra do Anta (12 de setembro). Em 2022, em Japaraíba (3 de abril).

Confira o calendário das eleições suplementares de 2023.

EM/CM, DB

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TSE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 1 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?