CCJF traz no mês de março eventos em comemoração ao Dia Internacional da Mulher*

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, o Centro Cultural Justiça Federal (CCJF) preparou, para esse mês, uma programação super especial que inclui o já tradicional Encontro Mulher Poder e Democracia, em seu 6º ano, além de outros eventos.

A programação completa e atualizada pode ser acessada pelo site do CCJF.

Centro Cultural Justiça Federal – CCJF
Endereço: Avenida Rio Branco nº 241, Centro, Rio de Janeiro, RJ.
Horário de funcionamento: de terça a domingo das 11h às 19h.

Confira abaixo os detalhes das atividades programadas.

ENCONTRO

VI Encontro Mulher Poder e Democracia

O evento acontecerá durante o mês de março em comemoração ao Dia Internacional das Mulheres. Trata-se de um evento que já virou tradição no CCJF, instituição cuja missão é promover a justiça social e a cidadania, reconhecendo e difundindo as diversas formas de manifestação cultural, garantindo acesso e voz a todos os públicos. O tema do evento este ano é Tempo de Reconstruir, e o Encontro abrange mesas de debates na antiga Sala de Sessões do Supremo Tribunal Federal, a mostra de teatro “Mulheres em Cena”, a mostra de cinema “Mulheres em Tela” e o espetáculo de música Guerreiras (Duo Pretas), entre outras atividades. Parte da programação contará com transmissão simultânea no canal do CCJF no YouTube. O evento contará com a participação de representantes de várias áreas para falar sobre as perspectivas do novo ciclo que se inicia com as mudanças no cenário político, econômico e social brasileiro.

Período: 7 a 31/3
Horário: conforme programação
Público-alvo: pessoas interessadas na história do empoderamento feminino numa sociedade patriarcal, em arte, poesia e público em geral
Classificação indicativa: conforme programação
Valor: gratuito
Local: conforme programção
Programação completa: site do CCJF

Saiba mais

 

MÚSICA

Música no Museu

Seguindo a programação do Música no Museu e tendo como foco ”Os Imortais da Música Brasileira e os Gênios Internacionais”, neste mês serão homenageadas as mulheres, destacando seu protagonismo, com a apresentação do Duo Madri, que é formado pelas violonistas Adriana Ballesté e Mara Lúcia Ribeiro, que estudaram juntas na Escola Nacional de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, participaram da Orquestra de Violões do Rio de Janeiro sob a direção de Turíbio Santos, e hoje fazem parte da Orquestra de Violões da AV-RIO.

Data: 16/3
Horário: às 18h
Público-alvo: amantes de música clássica e público em geral
Classificação indicativa: livre
Valor: gratuito
Local: Sala de Sessões

Saiba mais

A Série Violões da AV-Rio apresenta Rafael Sepulveda (violão)

O recital de abertura da temporada 2023 da Série Violões da AV-Rio apresenta Rafael Sepulveda, um dos mais destacados jovens violonistas do Rio de Janeiro, ainda desfrutando da 2ª colocação no II Concurso Nacional Virtual de Violão da AV-Rio: Homenagem a Turibio Santos. Neste primeiro concerto da série 2023, Rafael Sepulveda executará obras de Pixinguinha, Radamés Gnattali, Sebastião Tapajós, Paulinho da Viola, do cubano Leo Brouwer e do argentino Máximo Diego Pujol.

Data: 4/3
Horário: às 17h
Público-alvo: público em geral, especialmente amantes de música clássica, músicos e pessoas interessadas em espetáculos de alto nível artístico.
Classificação indicativa: livre
Valor: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia-entrada)
Local: Sala de Sessões

Saiba mais

Cartas de Amor de Francisco Mignone para sua Jô

O concerto Cartas de Amor de Francisco Mignone para sua Jô traz para a plateia outra face do grande compositor e maestro Francisco Mignone, unindo suas composições a suas palavras de amor e encantamento pela concertista Maria Josephina, sua Jô, como gostava de chamá-la. Georgia Szpliman, soprano, e a pianista Dília Tosta, ao abordarem as Cartas de Amor do maestro endereçadas a sua amada pianista Jô, buscam mostrar o homem amoroso por trás do gênio musical. Suas composições vão dando vida às palavras, desnudando sua característica romântica, delicada, e revelando uma pessoa sempre atenta ao amor.

Data: 2/3
Horário: às 19h
Público-alvo: amantes de música e público em geral.
Classificação indicativa: livre
Valor: R$40,00 (inteira) e R$20,00 (meia-entrada)
Ingressos: Sympla
Local: Teatro

Saiba mais

AULAS PRÁTICAS

Artes Corporais Chinesas para a Saúde e Vitalidade

Aulas regulares de artes corporais chinesas para a saúde e a vitalidade, com o objetivo de criar novos hábitos e, ao mesmo tempo, fortalecer o corpo como um todo, inclusive os órgãos internos, através da circulação do sopro, ou energia vital, com as práticas de Qigong e Lian Gong em 18 Terapias.

Data: às terças e quintas-feiras
Horário: das 12h às 13h
Público-alvo: adultos e pessoas da terceira idade
Professora: Fádua Gustin dedica-se ao estudo e ensino das artes corporais chinesas para a saúde desde 1991 (Lian Gong em 18 Terapias, Qigong para a saúde, Tai Chi Pai Lin, Taiji Quan) . É instrutora e árbitra autorizada de Lian Gong em 18 Terapias pela Shanghai Municipal Lian Gong Shi Ba Fa Association, República Popular da China.
Local: Sala de cursos
Valor: R$220,00 por mês
Inscrições: faduagustin@gmail.com

Saiba mais

PALESTRA/CURSO

EMPREENDENDO COM GESTÃO CRIATIVA

Série de eventos presenciais relacionados à gestão cultural, incluindo uma palestra gratuita, cursos, uma aula aberta e mentoria bônus, que acontecerão de março a junho.

Professora: Sandra Pedroso
professora, contadora, produtora e gestora cultural, especialista na temática de Prestação de Contas e Elaboração de Projetos em vários segmentos culturais e sociais para diversas produtoras cinematográficas e artísticas.

Valores: 1 curso – R$60,00; 2 cursos- R$110,00; 3 cursos – R$150,00

– Certificado ao final de cada evento

Palestra: Quem Produz O Quê Aqui?

Atividade de escuta com empreendedores e futuros empreendedores culturais (agentes, produtores e gestores de projetos, instituições e negócios), com objetivo de conhecer o tipo e recorte de atuação dos empreendedores culturais locais e de pessoas que desejam empreender na área cultural

Data: 21/3
Horário: 17h às 19h
Carga horária: 2h
Público-alvo: agentes, produtores e gestores de projetos, instituições e negócios, empreendedores de economia criativa.
Valor: gratuito
Local: Sala de Cursos
Inscrições: https://www.even3.com.br/quem-produz-o-que-aqui-304099/

Curso: Modelando Projetos Culturais

Atividade de modelagem de projetos culturais (empreendimento, empresa, instituição, organização social) utilizando ferramentas de planejamento e técnicas para a boa apresentação dos projetos para um patrocinador ou editais.

Data: 28, 30/3 e 4/4
Horário: das 17h às 20h
Carga horária: 9h
Público-alvo: empreendedores da economia criativa
Valor: R$60,00
Local: Sala de Cursos
Inscrições: https://www.even3.com.br/modelando-projetos-culturais-304086/

Saiba mais

EXPOSIÇÃO

Cosmopolíticas

A exposição reúne obras fotográficas de 12 artistas brasileiros, incluindo uma dupla e um coletivo, de diferentes partes do país, com trajetórias e histórias particulares. As fotos trazem questões em torno da política da natureza em seus mais variados elementos, através dos corpos, das ausências e dos territórios. Cada um(a), à sua maneira, cria formas específicas para pôr em prática essas composições.
A reunião desses trabalhos estabelece momentos para desacelerar o raciocínio e criar uma sensibilidade distinta em relação aos problemas que nos mobilizam.
Com curadoria de João Castilho e Pedro David, a exposição se baseia em três linhas de investigação que se sobrepõem:

Cosmopolíticas da terra: reúne obras que expõem os diferentes acordos de vizinhança, em que os artistas se engajam no caminho para a constituição de um território.
Cosmopolíticas dos fantasmas: as obras são povoadas pelas sombras dos que não têm, não podem ter ou não querem ter voz política, mas desafiam a razão por, ainda assim, insistirem em compor a paisagem.
Cosmopolíticas dos corpos: as obras mostram como os artistas fazem passar pelo corpo os diversos embates entre os entes humanos, os não humanos e os seus ambientes.

Curadoria: João Castilho e Pedro David
Artistas participantes
Araquém Alcântara
Bárbara Lissa e Maria Vaz (Duo Paisagens Móveis)
Breno Rotatori
Denilson Baniwa
Eustáquio Neves
Francilins
Gilvan Barreto
Julia Baumfeld
Luisa Dörr
Paulo Nazareth
Selvagem Ciclo de Estudos
Tuane Eggers

Período de visitação: 4/3 a 23/4/23
Horário: de terça a domingo, das 11h às 19h.
Local: Galerias do 1º andar
Valor: gratuito

Saiba mais

VISITA MEDIADA

Visita Mediada à exposição Cosmopolíticas

Graduandos em História da Arte conduzem os visitantes pela exposição, interagindo e mediando a visita

Dias e horários:
7/3 a 20/4
Terças e quartas-feiras – às 13h e às 15h
Quintas e sextas-feiras – às 14h e às 16h
Público-alvo: público em geral
Valor: gratuito
Inscrições: exposicaomediada.ccjf@trf2.jus.br

Saiba mais

TEATRO

Ciclodrama – Ato Único (Ano II)

Ciclo de leituras dramatizadas, sem ensaio, realizados de forma periódica. O ponto diferencial é a sua dinâmica: serão lidos apenas textos de UM ATO e, além de atores e diretores da equipe organizadora, serão convidados a participar, quem o desejar, artistas e público voluntário que estiver na plateia, seguindo a máxima pedagógica que “Teatro se aprende fazendo”.

Período: às terças-feiras (de março a maio de 2023)
Horário: das 18h às 20h
Público-alvo: artistas, atores, estudantes de ensino médio e universitário, interessados em artes e frequentadores do CCJF
Classificação Indicativa: 12 anos
Valor: gratuito
Local: Teatro
Programação:
07/03 – VENHA VER O PÔR DO SOL, conto de Lygia Fagundes Telles. Direção: Sílvia Monte.
14/03 – HIPATIA – Luciana Lyra. Direção: Susana Kruger
21/03 – A MAIS FORTE – August Strindberg, Tr. Clara Carvalho. Direção: Diretor visitante.
28/03 – INFERNO – Rodrigo de Roure e Luiz Felipe Andrade. Direção: Jussilene Santana.

Saiba mais

MESA REDONDA

Bibliotecas de Arte: para que e para quem?

Alinhado à temática do evento Mês da Bibliotecária e do Bibliotecário 2023, a saber: “Políticas Públicas Fortes, Bibliotecas Excelentes”, a Redarte/RJ, em parceria com o Conselho Regional de Biblioteconomia da 7ª Região, traz uma roda de conversa composta por profissionais de diferentes áreas e saberes multidisciplinares para relatar a experiência do projeto “Vozes e Histórias” realizado em 2019 no Centro Cultural Justiça Federal e pensar coletivamente ferramentas para a inclusão social de pessoas em espaços de cultura e arte.

Data: 15/3
Horário: das 15h às 18h30
Público-alvo: bibliotecários, estudantes de Biblioteconomia e profissionais que atuem em bibliotecas públicas, de museus, escolares, universitárias, especializadas, centros de documentação a afins.
Local: Biblioteca e Sala de Sessões
Valor: gratuito

Saiba mais

Bibliotecário, museólogo e arquivista no museu: como é este relacionamento?

Amanda Thomaz Cavalcanti (museóloga, doutoranda em Museologia e Patrimônio), Eliane Vieira da Silva (bacharel em Biblioteconomia e Documentação especializada em Ciência de Informação), Thais Rodrigues de Freitas (arquivista, Mestre em Gestão de Documentos e Arquivos) e Bárbara Alessandra R. de M. Lima – mediadora (Graduada em Biblioteconomia, Especialista em Informação Científica em Saúde) farão um bate-papo sobre o relacionamento de profissões que trabalham em conjunto em museus.

Data: 15/3
Horário: das 18h45 às 20h45
Público-alvo: bibliotecários, museólogos, arquivistas e estudantes
Local: Sala de Sessões
Valor: gratuito

Saiba mais

Mulheres e Legislativo – Histórias que se cruzam

O evento terá como fio condutor a história política das mulheres do atual estado fluminense, uma luta vivida pelas mulheres cariocas e fluminenses. Pioneiras da luta pelo sufrágio feminino no país, elas se reuniram em associações ou manifestaram-se individualmente desde o início da República, tanto pela conquista da cidadania como pelo reconhecimento social.
O evento tem como objetivo contribuir para ampliar e fortalecer a participação das mulheres na política partidária a partir do conhecimento da legislação eleitoral promulgada no período de 1988 a 2020, sempre questionando: por que tão poucas mulheres em espaços de poder?

Data: 17/3
Horário: das 14h às 16h
Público-alvo: conselheiras de Direitos de Políticas para Mulheres no âmbito estadual e municipal; deputadas estaduais e federais; militantes feministas; mulheres que foram mentorandas do Projeto; estudiosas/os em geral sobre o tema
Local: Sala de Sessões
Valor: gratuito

Saiba mais

VISITA ORIENTADA

Visita orientada ao CCJF – Da Justiça à Arte

A visita conta a história do prédio, de sua construção até os dias atuais. Projetado pelo arquiteto Adolpho Morales de Los Rios para ser originalmente o Palácio Arquiepiscopal, o edifício – exemplar da arquitetura eclética – abrigou o Supremo Tribunal Federal de 1909 a 1960. Atualmente, é um dos poucos remanescentes da reformulação da cidade do Rio de Janeiro ocorrida no início do século XX.

Data: a ser agendada pelo endereço visitas.ccjf@trf2.jus.br
Horário: a combinar
Público-alvo: público em geral
Valor: Gratuito
Local: Presencial no CCJF ou pelo Zoom do CCJF

Saiba mais

*Fonte: CCJF

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TRF2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + seis =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?