TRF4 promove 13 juízas e juízes substitutos à titularidade

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) realizou na tarde de hoje (2/5) a solenidade de posse de nove juízas federais substitutas e quatro juízes federais substitutos nos cargos de juízas e juízes federais. O evento aconteceu no Plenário da corte, em Porto Alegre, e foi transmitido online pela plataforma Zoom. A solenidade foi acompanhada por autoridades e membros da Justiça Federal da 4ª Região, além de familiares e amigos dos empossados.

O presidente do TRF4, desembargador Ricardo Teixeira do Valle Pereira, coordenou a cerimônia. “Essa posse coletiva é muito significativa para todos nós da 4ª Região. É um momento de extrema importância na carreira profissional dos magistrados”, afirmou Valle Pereira.

Todas as juízas e juízes empossandos prestaram o compromisso do cargo e assinaram o termo de posse, recebendo, na sequência, a carteira funcional das mãos do presidente do TRF4.

O desembargador Valle Pereira os declarou oficialmente empossados no cargo de juízas e juízes federais titulares e, após, a diretora-geral da corte, Sandra Mara Cornelius da Rocha, fez a leitura do termo de posse.

A juíza Ana Inès Algorta Latorre, a magistrada mais antiga na carreira entre os promovidos, falou em nome do grupo. “A carreira da magistratura demanda responsabilidade, coragem, visão humana e capacidade de inventividade. Além disso, no contexto atual, ainda se apresentam novos desafios”, ela considerou.

Latorre ressaltou que o Judiciário é o Poder da República incumbido de dirimir os conflitos e, portanto, “a função do juiz é essencial à ordem democrática e à promoção de uma sociedade de paz; assim nosso trabalho se constitui em uma construção institucional e coletiva”.

Em sua manifestação, ela ainda destacou: “como juízes, temos o dever de promover o acesso à Justiça, combater a desigualdade e enfrentar os preconceitos e assédios de qualquer espécie, para colaborar com a formação de uma sociedade mais justa e fraterna”.

O vice-presidente do TRF4, desembargador Fernando Quadros da Silva, parabenizou as colegas e os colegas empossados, observando que “a posse de juízes federais titulares é um momento simbólico que representa uma renovação nos princípios e nos ideais da Justiça”.

Já o corregedor regional da 4ª Região, desembargador Cândido Alfredo Silva Leal Júnior, declarou: “como corregedor, pude acompanhar todo o processo de promoção, por isso tenho certeza que os empossados vão desempenhar a nova missão com muito êxito e sucesso. Para mim, é um orgulho compartilhar a carreira de magistrado com esses colegas”.

A desembargadora Taís Schilling Ferraz também se manifestou, dirigindo-se às novas juízas federais. Ela destacou que são nove mulheres no grupo de 13 promovidos.

“Não é fácil tomar a decisão de sair de um local onde estamos como juízas substitutas e ir para uma nova cidade e assumir uma nova vara como titulares, essa mudança é especialmente desafiadora, não só para a magistrada como para a sua família, assim, reconheço a coragem das colegas para iniciar essa nova jornada”, disse a desembargadora.

Ao encerrar a solenidade, o presidente Valle Pereira ressaltou que a Justiça Federal da 4ª Região conta atualmente com 423 magistradas e magistrados, entre juízes substitutos, titulares e desembargadores, que são de diferentes estados e cidades do Brasil. “A diversidade de origens desse grupo enriquece e fortalece o nosso Judiciário, é algo a ser muito celebrado”, ele concluiu.

Após o fim da cerimônia, as juízas e juízes promovidos receberam os cumprimentos de amigos e familiares no Plenário do TRF4.

Os novos juízes e juízas titulares da Justiça Federal da 4ª Região

Pelo critério de antiguidade, foram promovidos os seguintes juízes e juízas federais à titularidade, que vão para as seguintes varas federais:

1 – Ana Inès Algorta Latorre, 2ª Vara Federal de Carazinho (RS);

2 – Daniela Cristina de Oliveira Pertile Victória, 2ª Vara Federal de Erechim (RS);

3 – Leonardo Cacau Santos La Bradbury, 1ª Vara Federal de São Miguel d’Oeste (SC);

4 – Diego Viegas Véras, 4ª Vara Federal de Cascavel (PR);

5 – Dienyfer Brum de Moraes, 2ª Vara Federal de Santo Ângelo (RS);

6 – Joel Luís Borsuk, 1ª Vara Federal de Cruz Alta (RS);

7 – Andrea Momolli, 1ª Vara Federal de Santana do Livramento (RS).

Pelo critério de merecimento, foram promovidos os seguintes juízes e juízas federais à titularidade, que vão para as seguintes varas federais:

1 – Clarides Rahmeier, 1ª Vara Federal de Ijuí (RS);

2 – Marta Weimer, 1ª Vara Federal de Concórdia (SC);

3 – João Paulo Nery dos Santos Martins, 1ª Vara Federal de Toledo (PR);

4 – Fernanda Bohn, 1ª Vara Federal de Pato Branco (PR);

5 – Gabriele Sant’anna de Oliveira Brum, 1ª Vara Federal de Telêmaco Borba (PR);

6 – Lívia Mesquita Mentz, 1ª Vara Federal de Bagé (RS).

 

Veja mais fotos da solenidade no Flickr do TRF4: https://www.flickr.com/photos/trf4oficial/albums/72177720307978174.

ACS/TRF4 (acs@trf4.jus.br)

A cerimônia ocorreu no Plenário do TRF4
A cerimônia ocorreu no Plenário do TRF4O presidente do TRF4, desembargador Ricardo Teixeira do Valle Pereira, coordenou o eventoA desembargadora Taís Schilling Ferraz falou para as novas juízas titularesO vice-presidente do TRF4 (no telão), desembargador Fernando Quadros da Silva, parabenizou os promovidosO corregedor regional (no telão), desembargador Cândido Alfredo Silva Leal Júnior, também falou na solenidadeForam promovidas nove juízas federais substitutas e quatro juízes federais substitutos nos cargos de juízas e juízes federais
O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TRF4

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 10 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?