TJSP recebe estudantes de Direito da Uninove para simulação de júri

Alunos aprendem com magistrados e profissionais da área.
O Tribunal de Justiça de São Paulo recebeu, na última sexta-feira (15), estudantes e professores dos cinco campi da Universidade Nove de Julho (Uninove) para realização de júri simulado. A atividade possibilita que acadêmicos de Direito pratiquem no histórico Salão do Júri, no Palácio da Justiça, os conhecimentos jurídicos adquiridos em aula.
Na abertura, um dos diretores do curso de Direito, promotor de Justiça José Carlos Guillem Blat, agradeceu ao presidente do TJSP, desembargador Ricardo Mair Anafe, e aos magistrados da Corte que atuam como professores da Universidade: desembargador Álvaro Augusto dos Passos e juízes Ricardo Felício Scaff e Fernando Augusto Andrade Conceição, pela oportunidade proporcionada aos alunos. “É emocionante estar nesse local onde ocorreram tantos julgamentos. Vocês certamente levarão esse júri para toda a carreira de vocês”, disse aos participantes.
A narrativa encenada pelos alunos foi inspirada em um caso real transitado em julgado na Comarca de Suzano: um homicídio cometido em área rural com o uso de uma marreta. Para a simulação, foram seguidos os ritos próprios do júri, como o sorteio dos sete jurados, a oitiva das testemunhas, o interrogatório do réu e as sustentações orais, que contaram com a participação do magistrado Fernando Augusto Conceição e do professor Pitter Tam Vieira. Ao final, o Conselho de Sentença decidiu pela condenação do réu.
Ao encerrar os trabalhos, o também diretor do curso de Direito de outro campi, procurador de Justiça Augusto Eduardo de Souza Rossini, parabenizou os envolvidos. “Eu estava aqui no julgamento do Lindomar Castilho, o último que ocorreu nesse Salão do Júri, e durante a atividade me vi no plenário. Estou muito orgulhoso pelo trabalho desenvolvido. Isso é histórico”, afirmou. A professora Mariarosa Costa Gonçalves, que coordenou a atividade, agradeceu aos alunos e professores. “Vocês brilharam nesta tarde. É uma alegria para todos nós”, sintetizou. Por fim, a estudante Maria de Fátima Lopes Bispo Beaux, que atuou na simulação como juíza presidente do Tribunal do Júri, ressaltou a dedicação de todos os professores para que a atividade fosse possível. “Vamos guardar esse momento para sempre em nossas memórias.”
Ao final, houve a entrega dos certificados de participação e lembranças aos professores da instituição. Também prestigiaram os coordenadores do curso de Direito da Universidade Clarice Moraes Reis, Cleber Vanderlei Teixeira Vianna, Daniela Gomes Pereira do Amaral e Jean Eduardo Aguiar Caristina.
As visitas monitoradas e os júris simulados no Tribunal de Justiça de São Paulo são agendados pela Diretoria de Relações Institucionais pelo telefone (11) 4802-9215.
Mais fotos no Flickr.
Comunicação Social TJSP – BC (texto) / LC (fotos)

MAGISTRADOS E CORPO DOCENTE DA UNINOVE PRESTIGIAM JÚRI SIMULADO

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJSP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 3 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?