TJRJ PROMOVE EDIÇÃO ESPECIAL DA FEIRA ORGÂNICA EM COMEMORAÇÃO AO DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

A juíza auxiliar da Presidência Ana Paula Monte Figueiredo com o secretário-geral de Sustentabilidade Antônio Ligiero na Feira Orgânica do TJRJ

Ainda em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente (5/6), um fusquinha verde repleto de flores e plantas atraiu a atenção de quem passou nesta terça-feira (6/6) pela Feira de Produtos Orgânicos do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ),  que acontece, quinzenalmente, em frente ao Fórum Central, na Rua Dom Manuel, s/n°, no Centro. Ao volante, Valcineia Machado, de 53 anos, que gosta de ser chamada de “Lia Linda Flor” (em homenagem ao nome da mãe), aproveitou o evento para estacionar o veículo e vender as orquídeas, samambaias, margaridas e girassóis que passaram a ocupar bancos, teto e até o capô do carro. Ela foi empregada doméstica e, após ficar desempregada na pandemia, viu em suas duas paixões – pelo Fusca e pelas plantas – uma oportunidade que faz sucesso por vários bairros do Centro e da Zona Sul.

“Para mim está sendo uma experiência maravilhosa vender minhas plantas na Feira de Produtos Orgânicos do TJRJ. É a primeira vez que estaciono meu fusquinha aqui e me sinto honrada pela oportunidade que a Secretaria Geral de Sustentabilidade e Responsabilidade Social (SGSUS) me proporcionou de conquistar mais clientes nesse espaço no mês em que é comemorado o Dia Mundial Do Meio Ambiente”, disse a comerciante.

A juíza auxiliar da Presidência Ana Paula Monte Figueiredo Pena Barros acompanhou o evento e aprovou a iniciativa do Tribunal. Ela ressaltou a preocupação com a saúde do servidor, além de buscar a promoção da sustentabilidade.

“O movimento aqui está bem interessante e diversificado. Ficamos felizes em conseguir abordar pessoas e conscientizar o público para a preservação do meio ambiente. A facilidade de o consumidor ter acesso a produtos livres de agrotóxicos é a garantia do sucesso que a feira representa”, destacou a magistrada.

Entre os produtos comercializados nas 22 barracas estão frutas, legumes, verduras, conservas, tapioca, farinha de coco, fubá, biscoitos sem glúten e lactose. A variedade de produtos atraiu servidores interessados em uma alimentação mais saudável. Outra atração que despertou a curiosidade das pessoas foi uma tenda de compostagem em que expositores explicaram aos interessados o trabalho de reciclagem que realizam do lixo orgânico e transformam a matéria orgânica encontrada no lixo em adubo natural, que pode ser usado na agricultura, em jardins e plantas, substituindo o uso de produtos químicos. A coleta é feita em residências, restaurantes, escola e empresas.

A Feira Orgânica do TJRJ é realizada pela Secretaria Geral de Sustentabilidade e Responsabilidade Social (SGSUS) em parceria com a Associação de Agricultores Biológicos do Estado do Rio de Janeiro (Abio).

 

                                                                Público visita Feira Orgânica realizada na Rua Dom Manuel nesta terça-feira (6/6)

SV/MB

Foto: Brunno Dantas

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJRJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 5 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?