TJRJ inicia 2ª edição de Feira Gastronômica com cardápio variado

 TJRJ promove 2ª edição da Feira Gastronômica na Rua Dom Manuel, atrás do Fórum Central. 

 

A Feira Gastronômica do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro está de volta e, nesta 2ª edição, reúne quase 30 expositores com os mais variados alimentos: bolos, tortas, pudim, trufas, brigadeiros, bem-casados, compotas, queijos, sucos naturais e até aperitivos italianos, como focaccia e bruschetta, fazem parte do cardápio nas bancas. Alguns stands oferecem degustação gratuita e os preços também são diversificados, sendo possível encontrar doces a partir de R$ 3,00. A Feira começou, nesta terça-feira (13/6), e vai até o dia 15/6, das 11h às 18h, na Rua Dom Manuel, s/nº, em frente à Lâmina I do Fórum Central.

Os expositores foram montados por servidores e seus familiares que viram na Feira Gastronômica uma oportunidade de expandir o empreendimento e aumentar a renda. “São três dias de evento e a expectativa é que essa ação e os expositores sejam bem prestigiados entre os nossos servidores e entre o público geral que frequenta o TJRJ”, destacou a juíza auxiliar da Presidência Ana Paula Monte Figueiredo Pena Barros.

Débora Menezes, esposa de um servidor, é especializada em brownies e foi uma das vendedoras que participou, pela primeira vez, de uma feira gastronômica. Ela é enfermeira, mas deixou a profissão recentemente para trabalhar totalmente com confeitaria a fim de ter mais tempo com a família. “Estou muito ansiosa e feliz por estar aqui. Essa está sendo a minha primeira experiência em uma feira e tem sido animadora. Comecei a trabalhar com doces porque queria ter mais tempo com meus filhos e ter mais qualidade de vida. Então, abri minha empresa em novembro e, desde então, tenho feito muitas conexões e tido um retorno positivo”, contou.

                                                                         Débora Menezes vendendo os brownies na Feira Gastronômica do TJRJ

Outra esposa de servidor que também resolveu empreender na confeitaria para estar mais próxima da família é a boleira Sônia Maria Fonseca que, há seis anos, se dedica à produção de diferentes tipos de doces, como brigadeiros, bem-casados e cones trufados. “Eu já fazia bolos e doces e as pessoas elogiavam muito, diziam que era muito saboroso, mas não vendia. Quando engravidei, queria estar mais próxima do meu filho, então comecei a pegar encomendas de bolos de casamento e aniversário e, assim, começou meu negócio. Essa feira é importante porque é uma oportunidade que a gente tem de poder mostrar nosso trabalho para o público”, apontou.

 

                                                                      Sônia Maria mostra a variedade de bolos e doces expostos no seu stand 

 

Entre os compradores mais assíduos da Feira está a Lacy Tavares, que trabalha na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) dentro do TJRJ. Com os braços carregados de sacolas, ela relatou seu entusiasmo com o evento. “Essa feira é maravilhosa! Inclusive, poderia ter mais vezes. Tem várias coisas que compro direto e os produtos são ótimos. Já peguei até o contato dos vendedores para comprar mais depois. Já comi o pão de queijo, o brownie com doce de leite, essa focaccia deliciosa. Amanhã vou voltar porque sei que vai acabar. Vale a pena comprar!, completou.

 

                                                                                                  Lacy Tavares exibe as suas compras no evento 

 

 

Fotos: Brunno Dantas/TJRJ

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJRJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × três =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?