Tendência

TJDFT realiza audiências de custódia de manifestantes presos

Nesta quarta-feira, 11/1, o Presidente do TJDFT, Desembargador Cruz Macedo, em atendimento à determinação do Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ministro Alexandre de Moraes, se reuniu com representantes do Ministério Público da União (MPU), do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), da Ordem dos Advogados do Brasíl (OAB/DF), Defensoria Pública da União  (DPU) e do DF para operacionalizar a realização das audiências de custódia dos manifestantes presos no último domingo, 8/1.

Para hoje, estavam previstas 64 audiências, tanto de autuados com advogado constituído quanto daqueles representados pela Defensoria Pública. As audiências estão sendo realizadas de forma virtual por juízes do Núcleo de Audiência de Custódia (NAC) e das varas do TJDFT e da Justiça Federal, das 8h às 19h, e ocorrerão inclusive aos finais de semana. O trabalho permanecerá de forma ininterrupta, até que todos os presos sejam ouvidos.

Devido a grande quantidade de pessoas presas simultaneamente, o Ministro Alexandre de Morais pediu a atuação da Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) nas audiências de custódia dos envolvidos e delegou a realização dessas audiências para o TJDFT e o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1).

Participaram da reunião o Corregedor da Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, Desembargador J.J. Costa Carvalho, os Juízes Auxiliares da Presidência, 1ª Vice-Presidência e Corregedoria do TJDFT, respectivamente, Luis Martius Júnior, Marília Guedes, Eduardo Rosas, Fernando Mello e Clarissa Masili, além do Secretário-Geral do TJDFT Celso Oliveira.

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJDFT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × um =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?