TJDFT alerta para tentativa de golpes envolvendo “cobrança de tarifa de cadastro”

TJDFT alerta a população para a constante necessidade de atenção e cuidado com relação às inúmeras tentativas de golpes aplicados em nome do Tribunal, em especial no meio virtual.

Recentemente, foi constatado que criminosos têm enviado às potenciais vítimas mensagens de WhatsApp com a cobrança de uma “tarifa de cadastro” para liberação de empréstimo. A mensagem contém um link falso que, uma vez utilizado, pode causar danos à segurança dos dados da vítima.

Atenção: o TJDFT não faz cobrança para cadastro, nem para liberar valores.

O Tribunal ressalta que é extremamente importante entrar em contato com o órgão, por meio de seus canais oficiais de comunicação (confira no link Endereços e Telefones no site do TJDFT), bem como a Ouvidoria do TJDFT e o Alô TJ, e nunca ligar em qualquer número que esteja nesses documentos e e-mails, ou clicar em links disponíveis nos mesmos, sem a prévia confirmação.

Outra orientação importante é pesquisar na internet os números dos telefones informados em documentos ou e-mails recebidos. É comum haver registro sobre eles nos sítios eletrônicos de reclamação. Verificado que se trata de fraude, relate o fato, nestes mesmos sites, para ajudar outras possíveis vítimas.

Caso a comunicação recebida oriente clicar em determinado endereço de internet, observe a extensão das páginas indicadas. Os sites de internet de órgãos públicos oficiais brasileiros tem endereços que terminam em .jus.br (Poder Judiciário), .gov.br (Poder Executivo) e .leg.br (Poder Legislativo).

Outros tipos de golpes

Entre os golpes aplicados consta também o envio de falsos boletos bancários com cobranças realizadas, supostamente, em nome do TJDFT. Se você receber um boleto de cobrança em nome do Tribunal, confira o endereço indicado e pesquise na internet sobre os dados bancários existentes. Ao identificar que se trata de golpe, registre um boletim de ocorrência junto à autoridade policial, podendo fazê-lo de forma eletrônica, caso essa modalidade esteja disponível, uma vez que esses registros ajudarão nas investigações.

Outro golpe que usa o nome do TJDFT é o dos falsos leilões virtuais. Conheça as dicas para evitar ser enganado nesse sentido.

Foi constatado também que criminosos têm enviado às potenciais vítimas e-mails que mencionam processos criminais em seus nomes e informam sobre possível audiência sem data nem local. Tais envios têm como remetentes contatos de pretensos advogados.

Esses e-mails fraudulentos contêm um link para consultar o suposto processo. Contudo, o link leva para um programa que, segundo as orientações dos criminosos, deve ser baixado ao custo aproximado de R$ 100,00. O TJDFT ALERTA QUE TAIS EMAILS CONSTITUEM TENTATIVA DE GOLPE, uma vez que, ao se consultar o PJe, não constam processos com o CPF ou o nome dos destinatários da mensagem.

Juízo 100% digital

Importante lembrar que se você aderiu ao Juízo 100% Digital, todos os atos e comunicações judiciais serão realizadas por meio eletrônico, no endereço ou telefone que você informou. Assim, verifique se as comunicações são provenientes da Vara na qual o seu processo está tramitando e, em caso de dúvida, confira a autenticidade dos links enviados com a própria Vara, por meio do Balcão Virtual. Fique atento para não deixar de comparecer às audiências designadas ou atender alguma determinação do Juiz.

Quanto mais informações tiver, mais protegido você vai estar. Em caso de dúvidas, ligue:

– Alô TJ – 159

– Ouvidoria do TJDFT – 0800 61 46466 (das 12h às 19h, em dias úteis)

– ou envie e-mail para ouvidoria@tjdft.jus.br.

Fique atento e faça a sua parte!

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJDFT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − dezessete =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?