Suspeito de jogar filho bebê e ex-companheira para fora de carro em movimento tem prisão preventiva decretada

A Justiça converteu em preventiva a prisão em flagrante do homem suspeito de ter arremessado para fora de carro em movimento o filho, de 11 meses de idade, e a ex-companheira. O caso foi registrado pela polícia na quinta-feira passada, quando o investigado foi detido, em Novo Hamburgo. A decisão é da Juíza de Direito Fabiana Pagel da Silva, durante audiência de custódia no Núcleo de Gestão Estratégica do Sistema Prisional (NUGESP), de Porto Alegre.

“Ao investigado é imputada a prática, em tese, de delito tentado, praticado na modalidade qualificada, contra a vida, cujo apenamento máximo é muito superior a quatro anos e, dado ao contexto do delito, em violência contra a mulher, admissível a decretação da prisão preventiva nos termos do artigo 313 do Código de Processo Penal”, diz na decisão a magistrada.

Ela cita que os fatos descritos na ocorrência policial são de “de extrema gravidade” e que a medida é necessária para resguardo da ordem pública e proteção das vítimas, que foram hospitalizadas.

“Observo que há componentes mínimos que apontam a presença da prova da existência do crime (materialidade), bem como indícios de autoria”, avalia a Juíza. “Não pode, portanto, o judiciário restar silente frente à situação de tamanha gravidade, devendo ser decretada a prisão preventiva do custodiado”, completa.

Conforme a decisão, o suspeito tem histórico de violência e já havia sido preso por descumprimento de medida protetiva solicitada pela ex-companheira.

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJRS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 6 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?