Prova do concurso da Guarda foi aplicada neste domingo

Ao todo, 19.865 candidatos se inscreveram para o processo seletivo com a oferta de 195 vagas imediatas e 585 para cadastro de reserva

A prova do concurso da Guarda Civil Municipal (GCM) foi aplicada neste domingo (17), em vários pontos da cidade.

Ao todo, 19.865 candidatos se inscreveram para o processo seletivo com a oferta de 195 vagas imediatas e 585 para cadastro de reserva. O salário base da categoria será de R$ 2.189,62 com 40 horas semanais, direito a benefícios tais como risco de vida, quinquênio, entre outros estabelecidos na legislação municipal vigente.

O cinegrafista Aldo Vianna disse que se dedicou aos estudos para se preparar para o concurso. “É o desejo de se ter uma garantia de vida. Por isso me preparei para o dia de hoje, para que eu possa fazer uma boa prova e ter chances de entrar no quadro de servidores da Guarda”, disse.

A técnica em enfermagem Suelen Mikelan é campista, mas atualmente mora em São Fidélis, e resolveu se inscrever para o concurso para retornar à cidade natal.

“Moro em São Fidélis há 20 anos e sempre tive vontade de voltar a morar em Campos, mas com a estabilidade que o concurso da Guarda vai me proporcionar, caso eu consiga conquistar uma vaga”, ressaltou.

De acordo com o subsecretário de Gestão de Pessoas e presidente da Comissão do concurso, Fellipe Augusto Almeida, o processo está correndo dentro da normalidade. “Estamos com fiscais da Comissão em vários locais de prova, principalmente nos pontos onde há maior concentração de candidatos para garantir que tudo ocorra sem intercorrências. Todo o processo foi organizado de forma a respeitar a especificidade do órgão”, ressaltou.

Os gabaritos preliminares serão divulgados nesta segunda-feira (18). Na terça-feira (19) e quarta-feira (20) serão os dois dias de prazo para interposição de recursos acerca da divulgação preliminar dos gabaritos. A decisão dos recursos será divulgada no dia 3 de janeiro de 2024, bem como o resultado da prova objetiva. O concurso da Guarda Civil Municipal terá outras etapas: avaliação biopsicossocial; teste de aptidão física; exames de saúde; exame toxicológico; avaliação psicológica; investigação social; e curso de formação.

“A realização deste concurso para a sociedade é uma oportunidade, para o município é uma necessidade e para os servidores da Guarda é uma recompensa por nós termos a oportunidade de reconduzir pessoas às vagas abertas para garantir melhor segurança e melhor conforto para a nossa sociedade”, disse o comandante da Guarda, Wellington Levino.

Fonte: Prefeitura de Campos

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
JORNAL TERCEIRA VIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 − um =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?