Professor é condenado a 34 anos de prisão por abuso sexual contra três alunas em SC

O juízo da 2ª Vara da comarca de Urussanga condenou um homem por estupro de vulnerável praticado contra três alunas da escola onde ele trabalhava como professor. Os crimes aconteceram em 2021 e 2022, em escola do município de Cocal do Sul. As vítimas tinham entre sete e nove anos.

O réu foi condenado a 34 anos e oito meses de reclusão, em regime fechado, pela prática do crime de estupro de vulnerável por três vezes. Ele também teve negado o direito de recorrer em liberdade. A decisão de primeiro grau, prolatada em janeiro (17/1), é passível de recurso. O processo tramita em segredo de justiça.

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJSC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × dois =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?