Parafusos são retirados, torre cai e 6 mil ficam sem luz no Vale do Rio Pardo

Cerca de 20 parafusos foram retirados e estrutura acabou caindo durante temporal

Um ato de sabotagem causou a queda de uma torre de energia em Vale Verde, no Vale do Rio Pardo, deixando sem energia elétrica mais de 6 mil pessoas. O incidente ocorreu por volta das 16h de sábado, afetando moradores de Vale Verde, General Câmara, Passo do Sobrado e Rio Pardo. O fornecimento de energia só foi restabelecido por volta das 20h.

A torre de transmissão de alta tensão caiu durante o temporal que atingiu a região. Todavia, ao vistoriar o local, técnicos da Cooperativa Certaja verificaram que cerca de 20 parafusos foram retirados da estrutura fixada em uma base de concreto. Sem o reforço na base, a torre cedeu, fazendo entornar outra torre distante cerca de 60 metros.

Adriano Rosa / Certaja/Divulgação

De imediato, 0s 3,2 mil habitantes de Vale Verde ficaram sem luz. Como a subestação local atende a região, também foram afetados moradores de outros três municípios. Numa ação preliminar, técnicos da Certaja transferiram a carga para uma subestação de Taquari.

A medida, porém, fez cair a tensão dos 220 nominais para em torno de 200 volts. Com isso, em algumas regiões, equipamentos como aparelhos de ar-condicionado seguem sem funcionar. A previsão é de que o abastecimento seja normalizado até o meio-dia de segunda-feira (30).

— Estávamos com uma previsão de desligamento nesse domingo (29), para colocar sinalização em algumas torres, então tínhamos equipes de prontidão. Isso facilitou o primeiro atendimento — afirma o vice-presidente da Certaja, Ederson Madruga.

Inaugurada em outubro, a linha de transmissão de 69 mil volts abastece seis cidades do Vale do Rio Pardo. No total, foram investidos R$ 26,7 milhões na construção da subestação de Vale Verde e em 84 torres distribuídas por 25 quilômetros.

A torre caída está situada na localidade de Cerro do Chileno, a cerca de 10 quilômetros do centro de Vale Verde. Técnicos da Certaja desconfiam que a retirada dos parafusos ocorreu nos últimos dias, já que o local foi vistoriado há cerca de duas semanas. A Polícia Civil foi acionada e irá investigar o caso.

— Acho é que difícil descobrir quem fez isso, mas é coisa de gente muito mal intencionada — diz o prefeito de Vale Verde, Carlos Gustavo Schuch.

Nacionalmente, a Polícia Federal investiga uma série de atos de sabotagem contra torres de transmissão de energia. Segundo balanço divulgado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), foram 11 casos até dia 25 de janeiro, com quatro torres derrubadas.

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Via
FÁBIO SCHAFFNER
Fonte
GZH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 4 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?