OMS desaconselha uso de adoçantes sem açúcar

Organização Mundial da Saúde divulgou nota na primeira quinzena de maio, demonstrando, por meio de estudos disponíveis, que o produto não auxilia em nenhum benefício na perda de peso tanto em adultos, quanto em crianças

No último dia 15 de maio, a Organização Mundial da Saúde (OMS) liberou uma nota destacando que desaconselha o uso de adoçantes sem açúcar, também chamados de edulcorantes. De acordo com a entidade, deve-se evitar a utilização deste produto como substituto do açúcar, visando o controle de peso ou para reduzir doenças não transmissíveis como: diabetes, doenças cardiovasculares, AVC’s e câncer. Conforme a publicação, esse desaconselha mento não se aplica a pessoas com diabetes pré-existentes, e seu estudo não conclui sobre os açúcares de baixa caloria e o álcool de açúcar.

Na nota, a organização demonstrou, por meio de estudos disponíveis, que o produto não auxilia em nenhum benefício na perda de peso tanto em adultos, quanto em crianças. Além dos mais, o resultado desta revisão também sugere que pode haver efeitos indesejáveis na utilização do mesmo por tempo prolongado. “Como risco aumentado de diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares e mortalidade em adultos. Além disso, como seu nome diz, adoçantes artificiais são artificiais, desenvolvidos pela indústria, então, produtos que se consumidos, deve ser de maneira esporádica, pois mesmo os adoçantes naturais (a base de plantas) podem, inclusive, levar a desconfortos intestinais, contribuindo para casos de disbiose intestinal”, conta a nutricionista, Franciele Valduga.

A profissional ainda explica que o produto foi estudado inicialmente para outros fins. “Inicialmente, eles foram pesquisados para controle do diabetes só que nos últimos anos, infelizmente, as pessoas começaram a usar sem prescrição”, ressalta.

Ela ainda explica que para a perda de peso e uma vida mais saudável, o ideal é a redução do açúcar, entretanto, ao invés do uso do adoçante, ela aconselha uma mudança. “O ato de substituir o açúcar por adoçantes artificiais ou naturais não ajuda no controle de peso a longo prazo, e isso é comprovação científica. Reduzir a ingestão de açúcar, é sim importante para o controle de doenças, emagrecimento e muitas outras condições. Contudo, você deve adaptar seu paladar ao sabor natural dos alimentos, reduzindo aos poucos o açúcar adicionado, como consumir frutas e outros alimentos naturalmente adoçados”, pontua.

Franciele comenta que a mudança é menos difícil do que parece. “Nossas papilas gustativas, receptores de sabor que temos na nossa língua, são super adaptáveis, ou seja, elas tem uma capacidade de renovação celular muito rápida, entre sete a 10 dias. Por isso, invista na adaptação do paladar. Pode ser difícil sem reduzir o açúcar adicionado ou o adoçante nos primeiros dias, mas você precisa insistir pelo menos por 15 dias consecutivos. As novas células, que estão sendo desenvolvidas neste período, já estão mais adaptadas ás transformações que você está gerando”, esclarece.

Dica da nutri Franciele Valduga

Se você é do time que ainda coloca açúcar ou adoçante no café: escolha um café de boa qualidade, 100% arábica e de torra média ou clara, é naturalmente mais saboroso e menos ácido. Adicione ao pó (na hora de passar) uma pitada de canela em pó – esta estratégia vai dar sabor adocicado… e além do mais, a canela tem propriedades fantásticas para a saúde, uma delas, é contribuir para a melhora da glicemia. Experimente, tenho certeza que você vai adorar!

Os adoçantes sem açúcar mais comuns citados pela OMS são:

  • Acesulfame de Potássio;
  • Aspartame;
  • Advantame;
  • Ciclamatos;
  • Neotame;
  • Sacarina;
  • Sucralose;
  • Estévia e derivados de Estévia.
O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
JORNAL SEMANÁRIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?