Novos conselheiros tutelares são eleitos em Campos e em todo o país

São 25 titulares e 25 suplentes que atuarão com mandatos previstos de 2024 a 2027

Muitas pessoas saíram de casa no domingo (1º) para escolher, nas urnas, em 15 postos de eleição do município, seus representantes para atuarem, de 2024 até 2027, nos Conselhos Tutelares de Campos. Foram eleitos 25 membros titulares e definidos mais 25 suplentes, que atuarão na defesa de crianças e adolescentes em caso de violação de direitos.

O prefeito Wladimir Garotinho votou na urna 29 do Ciep Nilo Peçanha, na Lapa. Ele já havia convidado toda a sociedade a participar da eleição, e destacou a importância da participação da sociedade na escolha dos conselheiros tutelares.

“Não é obrigatório ir votar, mas pela importância do momento e do que significa o Conselheiro Tutelar, eu peço a vocês que compareçam para votar e escolham bem os seus representantes para esta função porque são eles que lutam pelos direitos e garantias das crianças e dos adolescentes. A Prefeitura também ajuda aos conselheiros com estrutura de trabalho, como veículo e computador, mas as pessoas escolhidas pela população é que estarão na linha de frente”, comentou Wladimir.

A advogada Letícia Pessanha da Silva Paulo, de 24 anos, que atuou como mesária também no Ciep Nilo Peçanha, disse que muitas pessoas, mesmo com a chuva, compareceram para votar.

“Entendo a importância de escolher bem os conselheiros tutelares, haja vista a necessidade de regular a tutela dos menores que, muitas vezes, sofrem diferentes tipos de abandono pelos pais ou tutores. A votação teve boa adesão, principalmente porque muitos ainda não sabem do pleito, por ser algo relativamente novo e da importância dos Conselhos Tutelares. Mas é muito importante escolher conselheiros e conselheiras aptos a solucionar os problemas envolvendo conflitos familiares, que atingem diretamente a criança ou o adolescente, a defender e exercer as políticas públicas de defesa dos direitos dos menores “, destacou a jovem.

A jornalista Carolina Santos fez questão de ir defender, na urna, da eleição da pessoa que confia para atuar na ponta em um dos Conselhos Tutelares de Campos.

“Mesmo não sendo obrigatória, considero a participação na escolha dos conselheiros tutelares municipais um exercício de cidadania. É importante que tenhamos pessoas competentes, com ideias progressistas, que atuem pela garantia dos direitos das crianças e adolescentes, como prevê o ECA (Estatuto da Criança e Adolescente)”, falou.

Entre os conselheiros eleitos estão Geovana Almeida e Mannueli Ramos. Ambas foram votadas para cumprirem um novo mandato a partir do ano que vem. Elas foram reeleitas. “Acompanhamos a apuração de votos no MP e informamos o resultado em nossas redes sociais. Fui a conselheira tutelar mais votada de Campos dos Goytacazes com 919 votos. Gratidão a todos que me ajudaram nesse projeto coletivo de defesa dos direitos de crianças e adolescentes”, disse Mannueli.

A conselheira Geovana Almeida também comemorou mais uma reeleição em suas redes sociais. “Fui a primeira colocada em meu polo com 386 votos. É momento de agradecer e continuar o nosso trabalho”, comentou. Em instantes, o J3News publica a lista completa com os conselheiros eleitos em Campos dos Goytacazes.

Fonte: Secom/PMCG

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
JORNAL TERCEIRA VIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 10 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?