Novos Caminhos incentiva planejamento de carreira para jovens acolhidos no Alto Uruguai

Depois de tratar sobre gerenciamento de emoções, habilidades sociais e autoconhecimento, chegou a vez dos adolescentes acolhidos no Alto Uruguai catarinense aprenderem sobre planejamento de carreira. Esse foi o tema do último encontro da Oficina de Saúde Mental, realizado neste mês (15/7). Durante a oficina, os participantes tiveram a oportunidade de refletir sobre suas aspirações e objetivos de carreira, identificar seus pontos fortes e áreas de melhoria.

A psicóloga voluntária, Samira Ferreira de Lima, abordou a importância de saber trabalhar em equipe, diversificar conhecimentos, ganhar flexibilidade e adaptabilidade, e estabelecer metas realistas para o desenvolvimento profissional. A profissional destacou ainda a importância de construir relacionamentos saudáveis e colaborativos no ambiente de trabalho e enfatizou a troca de ideias, o apoio mútuo e a construção de redes de contatos.

“A capacidade de trabalhar em equipe é fundamental para o crescimento profissional, pois permite aprender com os outros, compartilhar conhecimentos e alcançar resultados mais significativos. Também é muito importante diversificar os conhecimentos e buscar constantemente novas habilidades. O mercado de trabalho está em frequente evolução e é essencial estar atualizado e preparado para se adaptar às mudanças”, enfatizou.

A psicóloga também incentivou os participantes a estabelecer metas realistas e mensuráveis para o desenvolvimento profissional. Ela ressaltou a importância de definir objetivos claros e criar um plano de ação para alcançá-los, ao lembrar que as metas devem ser desafiadoras, porém, viáveis e alinhadas com os valores e interesses de cada um.

Essa última fase da oficina contou com a participação do músico e instrutor de atividades do Sesc, Marçal Oliveira da Silva. Ele compartilhou experiências pessoais e exemplos de sucesso, ilustrou, dessa forma, como a arte pode ser uma opção viável e gratificante para aqueles que desejam seguir uma trajetória profissional no campo musical, desde que, como em qualquer campo, haja estudo, dedicação e busca constante por aprimoramento técnico.

“A música desempenha papel fundamental no lazer e no bem-estar das pessoas. É grande a capacidade de trazer conforto, alívio do estresse e momentos de descontração, estimulando a mente e o corpo de forma positiva. A música possibilita diversos benefícios para a saúde mental e emocional das pessoas. É um elemento multifacetado capaz de influenciar positivamente diferentes aspectos da vida, tanto no âmbito profissional quanto no lazer”, afiançou.

Cronograma

A psicóloga voluntária Samira Ferreira de Lima foi a organizadora do cronograma da oficina de saúde mental e elaborou um programa abrangente. Ao abordar o gerenciamento das emoções, ela incentivou os participantes a compreender e lidar de forma saudável com seus sentimentos, com equilíbrio emocional e o bem-estar.

Além disso, ao tratar do gerenciamento das habilidades sociais, Samira proporcionou insights valiosos sobre a importância das relações interpessoais e da comunicação eficaz. Desse momento ficou o aprendizado para desenvolver habilidades sociais essenciais para estabelecer relacionamentos saudáveis, lidar com conflitos e colaborar de forma construtiva no ambiente de trabalho e na vida em geral.  A ênfase no autoconhecimento também foi uma contribuição significativa da oficina.

“Expressamos um agradecimento muito especial à Samira Ferreira de Lima pelo seu empenho e dedicação na organização do cronograma das oficinas de saúde mental, proporcionando aos participantes uma experiência abrangente e enriquecedora. Suas reflexões e orientações foram fundamentais para promover o autoconhecimento, o desenvolvimento de habilidades sociais e o planejamento de carreira dos jovens”, considerou a instrutora de responsabilidade social da Federação das Indústrias de Santa Catarina – no Alto Uruguai e Centro Oeste catarinense, Elaine Cristina Blödorn Martins.

Imagens: Divulgação/PNC
Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros – Reg. Prof.: SC00445(JP)
O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJSC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 6 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?