Norte de Campos dividido entre belezas, memórias e abandono

Localidades como Santa Bárbara, Mata da Cruz e Murundu guardam registros históricos e estão praticamente isoladas

O extenso município de Campos dos Goytacazes é capaz de surpreender moradores e visitantes com belas paisagens e locais pouco conhecidos. Na Região Norte, por exemplo, é possível conhecer casarões e solares em Santa Bárbara; vestígios da ferrovia desativada em Murundu; contemplar montanhas pelas estradas que levam até Mata da Cruz ou Pedra Lisa. São lugarejos na região dos distritos de Morro do Coco e Santa Maria de Campos, que guardam registros históricos relevantes e possuem potencial turístico. Entretanto, a longa distância do centro urbano e problemas com infraestrutura e estradas ruins dificultam o acesso. Quem vive na região, reclama da falta de transporte público e serviços de saúde.

Arredores de Pedra Lisa, Santa Maria e Morro do Coco

Para chegar às localidades de Santa Bárbara, Murundu e Mata da Cruz, as estradas municipais estão cheias de buracos. Há trechos em que o asfalto desapareceu por completo. Em Mata da Cruz, a quase 80 km de Campos e a 22 km de Italva, vivem cerca de 400 moradores. Muitos reclamam da precariedade da estrada e da falta de transporte público.

“Nossa situação é difícil. Nos sentimos isolados. Dependemos de veículo próprio ou de carona de amigos. Há muito tempo as vans deixaram de circular. Para agir banco ou atendimento médico, preferimos ir a Italva”, desabafa o morador Reinaldo Damasceno.

Reinaldo e Adla Damasceno

Há três anos, a Unidade Básica de Saúde fechou as portas. A professora Adla Damasceno era usuária. “Havia um excelente atendimento, sobretudo para a área de ginecologia e pediatria. Ainda tem equipamentos preservados. Por ser um lugar pacato, os moradores vigiam o prédio, mas a UBS corre risco de ser furtada”, diz.

Santa Bárbara histórica

Na vila de Santa Bárbara, edifícios imponentes dos séculos 19 e 20 chamam a atenção. A família da historiadora Sylvia Paes é da região:

Casarão de Santa Bárbara

“Sou uma mocoronga. O historiador e geógrafo Alberto Ribeiro Lamego (1896-1985) trata sobre ser mocorongo e muxuongo em Campos, na revista do Instituto Histórico Brasileiro. Ele diz que o muxuongo é o nativo da Baixada Campista, miscigenado por indígenas e colonizadores. Já o mocorongo é da Região Norte; parte mais alta, miscigenação de negros e colonizadores”, conta.

Sylvia destaca a antiga linha férrea que passava por Murundu, ponto do trem que ligava São Paulo a Minas Gerais. “Há relatos de soldados que passaram pelo local na Revolução de 1930. Santa Bárbara tem estudos do Instituto Histórico e Geográfico de Campos sobre Nilo Peçanha. O pai dele teria um sítio em Morro do Coco. O ex-presidente do Brasil teria nascido em Santa Bárbara. Alguns biógrafos dão conta que ele foi batizado em uma capela de fazenda entre Santa Bárbara e Morro do Coco”, revela.

Capela em Santa Bárbara

O professor Hélio Coelho é fascinado pela região montanhosa de Santa Bárbara de sua infância. Ele é autor de um poema sobre o lugar. “O menino brincava de pular dormentes nos trilhos do trem de Santa Bárbara. Isso era no tempo dourado das ferrovias… Hoje reina por lá o silêncio dessas sombras, sons e imagens desvanecidas como o apito distante e a fumaça que evapora na locomotiva de um comboio fantasma…”.

Ações municipais

A Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura disse que programa um mutirão para ações nas referidas localidades da Região Norte.
A Secretaria Municipal de Saúde informa que elabora novo cronograma de reabertura das Unidades Básicas de Saúde. A UBS Mata da Cruz receberá visita técnica a partir de março deste ano, para avaliação das condições do prédio e equipamentos.

Buracos tomam conta das estradas em Murundu, Mata da Cruz e Santa Bárbara

O Instituto Municipal de Trânsito e Transporte informa que a instalação das Estações de Integração possibilitará a criação de novas linhas, garantindo que as localidades distritais sejam melhor atendidas. Vans serão destinadas para o transporte das localidades até a estação e os ônibus da estação até a área central do município.

UBS de Mata da Cruz fechada há mais de três anos

A Subsecretaria de Turismo informa que tem um projeto para desenvolver o turismo rural, histórico e ecológico, dentro do Plano de Turismo do Município. No momento, faz mapeamento dos imóveis públicos que participarão do projeto.

Localidade de Mata da Cruz, Norte de Campos
O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Via
POR OCINEI TRINDADE
Fonte
JORNAL TERCEIRA VIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × três =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?