NIS e PC prendem golpistas que usavam símbolos do TJSC em falsos leilões de veículos

O Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional – NIS/TJSC, juntamente com a Polícia Civil – PCSC, deflagrou na manhã de hoje, no Estado de São Paulo, uma operação policial com o objetivo de cumprir 9 mandados de prisão preventiva e 17 mandados de busca e apreensão nas cidades de São Paulo, Santo André, São Bernardo do Campo, Mauá e Itapecerica da Serra. A ação visa esclarecer o golpe do falso leilão de veículos.

De acordo com as investigações, os envolvidos colocavam diversos sites de leilões falsos na internet e negociavam veículos que não existiam, sendo que os sites ostentavam símbolos do Tribunal de Justiça de Santa Catarina no intuito de repassar maior credibilidade e facilitar a consumação da fraude.

O prejuízo somado das vítimas, tanto de Santa Catarina como de outros estados, ultrapassa 58 milhões de reais. Os autores do golpe estavam sediados em São Paulo. Foram apreendidos aparelhos eletrônicos, que serão analisados para a continuidade das investigações e identificação dos demais envolvidos. O coordenador do NIS, desembargador Sidney Eloy Dalabrida, ressalta que “a atuação do NIS se dá em proteção não só das vítimas diretas, mas também para preservar a imagem e a reputação do Poder Judiciário catarinense, já que a fraude é praticada com o uso da logo e do nome do TJSC, o que acaba atingindo a magistratura e os servidores como um todo”.

Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros – Reg. Prof.: SC00445(JP)
O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJSC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − quatro =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?