Mais uma capela é arrombada na Baixada Campista

Invasão ocorreu na madrugada deste sábado (1º). Em três anos foram nove capelas arrombadas apenas na baixada campista

 

A Baixada Campista registrou mais uma capela alvo de ação criminosa. Desta vez a invasão ocorreu na Capela de Santo Amaro, na madrugada deste sábado (01/04),  na localidade de Beira do Taí, que pertence a Paróquia de São Sebastião. De acordo com o pároco, padre Gustavo Ribeiro dos Santos, os criminosos quebraram o vibro de uma das janelas e arrombaram a porta. Como nenhuma Capela fica com dinheiro de ofertas, foram levados microfone e amplificador. De acordo com o Bispo Diocesano de Campos, Dom Roberto Francisco, esta nova ação criminosa de furto e depredação mostra a fragilidade da área da Baixada Campista. (leia mais abaixo)

“Infelizmente tivemos mais um furto em Igreja. Em mais uma capela de nossa paróquia teve aparelho de som e microfone roubados. Já estamos fazendo um Boletim de Ocorrência. Infelizmente mais uma realidade, agora em pleno período da Semana Santa”, declarou o Padre Gustavo. (leia mais abaixo)

Neste ano de 2023 esta foi a segunda capela da Baixada alvo de criminosos, em março, o furto foi registrado na Igreja de Santa Ana e São Joaquim, na localidade de Saturnino Braga, que também pertence à paróquia. (leia mais abaixo)

No último dia 25, houve uma tentativa de furto na Capela de Antônio, no bairro do Beco, mas a ação foi frustrada por câmeras de segurança. Em três anos foram nove capelas arrombadas apenas na baixada campista nas localidades de Ponto do Carmo, Alto da Areia, Cupim de Poço Gordo, São Martinho, Saturnino Braga, Beco de Santo Antônio, além de duas capelas no distrito de Tocos. (leia mais abaixo)
BISPO –  Dom Roberto Francisco diz que esta nova ação criminosa de furto e depredação, mostra a fragilidade da área da Baixada Campista. “Primeiro que a vigilância está fraca, segundo o isolamento dos templos, terceiro a necessidade de ter entre as Igrejas da forania um acordo para uma segurança coletiva. Que possa ser econômica e eficiente. E também fazer pressão junto às autoridades locais. Já são muitas as Igrejas que foram nestas áreas atacadas”, afirmou Dom Roberto. (leia mais abaixo)
No último dia 25/03, houve uma tentativa de furto na Capela de Antônio, no bairro do Beco, mas a ação foi frustrada por câmeras de segurança. Em três anos foram nove capelas arrombadas apenas na baixada campista nas localidades de Ponto do Carmo, Alto da Areia, Cupim de Poço Gordo, São Martinho, Saturnino Braga, Beco de Santo Antônio, além de duas capelas no distrito de Tocos.
O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
CAMPOS 24 HORAS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − quatro =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?