Magistradas do TJPE integram a exposição “Pioneiras” promovida pelo TRE em celebração ao Mês da Mulher

Para celebrar o Mês da Mulher, o Tribunal Regional de Pernambuco (TRE-PE) apresenta a exposição “Pioneiras”, uma homenagem com fotos das pernambucanas que foram as pioneiras na luta pelo voto feminino e das primeiras mulheres a ocuparem cargos de liderança no Executivo, no Legislativo, no Judiciário e em instituições ligadas à área jurídica no Estado. A exposição também contará com uma seção chamada “Mais Mulheres que Inspiram”, com gestoras que se destacam por suas ações em diversos segmentos da sociedade. O projeto é uma iniciativa da Escola Judiciária Eleitoral (EJE) do TRE de Pernambuco, comandada pela desembargadora eleitoral e juíza do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) Mariana Vargas. Na ocasião do evento serão homenageadas também desembargadoras e juízas que fazem parte da história do TJPE.

O lançamento da exposição será na próxima sexta-feira (10), às 10h30, no hall de entrada da sede do TRE-PE, no bairro do Derby, no Recife, com as presenças do presidente do tribunal, desembargador André Guimarães, da diretora da EJE, desembargadora eleitoral Mariana Vargas, dos demais integrantes da Corte, da governadora Raquel Lyra e de diversas autoridades públicas e convidados/as. Após o lançamento, a exposição ficará de forma permanente aberta ao público, na entrada da sede do tribunal,  no horário das 8h às 14h.

Do TJPE integram a exposição: Helena Caúla, primeira desembargadora do TJPE (2001-2010), e a primeira procuradora de Justiça de Pernambuco (1974-2001), que faleceu em 23 de janeiro de 2022; Magui Lins de Azevedo, que foi a primeira juíza de Direito de Pernambuco, a partir de 1966,  também a primeira juíza eleitoral de Pernambuco, em 1966, e a primeira juíza a se tornar desembargadora do TJPE no período de 2002 a 2004; Alderita Ramos Oliveira, desembargadora do TJPE de 2004 a 2014, além de ser a primeira desembargadora classe eleitoral de Pernambuco – classe desembargadora do TJPE (2007 e 2009) e a primeira desembargadora eleitoral a assumir, interinamente, a Presidência do TRE-PE; e Daisy Maria de Andrade Costa Pereira, desembargadora do TJPE a partir de 2014, e a primeira desembargadora a presidir uma Comissão de Concurso para o cargo de Juíza/juiz de Direito.

Também do Judiciário estadual pernambucano figuram na exposição a juíza de Direito Mariana Vargas, que é a primeira supervisora da Escola Judicial de Pernambuco (Esmape), além de coordenadora setorial das Casas de Justiça e Programas Especiais do TJPE, e a primeira desembargadora eleitoral efetiva – classe juíza de Direito; a juíza Ana Mota, titular da 1ª Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher e a primeira diretora da Amepe Mulheres – nova diretoria criada na Associação de Magistrados de Pernambuco – ; e a diretora da Amepe Mulheres,Tatiana Carneiro Leão.

Além da exposição fotográfica no hall de entrada do tribunal, fotos de 16 homenageadas ficarão afixadas na fachada da sede do TRE voltada para a avenida Agamenon Magalhães.

“Pioneiras” é um recorte histórico da luta feminina em Pernambuco. A começar pela homenagem às pioneiras na luta pelo voto feminino: Celina Nigro, Martha de Hollanda e Edwiges de Sá Pereira atuaram, nas décadas de 1920 e 1930, pelo reconhecimento do direito das mulheres de votar e serem votadas, que só foi conquistado em 1932. Celina Nigro teve a primazia de ter sido a primeira eleitora no Estado; Martha de Hollanda e Edwiges de Sá Pereira foram as primeiras candidatas em Pernambuco, disputando as eleições de 1933, porém não se elegeram.

A exposição traz personagens do passado da política estadual e outras bem atuais. Da primeira deputada estadual eleita, Adalgisa Cavalcanti, em 1946, e da primeira deputada federal, Cristina Tavares, em 1979, a exposição também homenageia a primeira governadora eleita, Raquel Lyra, a primeira vice-governadora, Luciana Santos, e a primeira senadora, Teresa Leitão.

Além dos cargos eletivos, o projeto celebra as que ascenderam a funções públicas de alto escalão no Judiciário, no Ministério Público e em outras instituições ligadas à área jurídica. É o caso da desembargadora aposentada Margarida Cantarelli, primeira mulher a integrar o TRE Pernambuco, o Tribunal Regional Federal da 5ª região (TRF5) e a primeira vice-presidente da OAB-PE. A desembargadora Helena Caúla, falecida em 2022, é homenageada como a primeira desembargadora da história do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) e a primeira procuradora de Justiça da história do Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

“Pioneiras” traz fotos das primeiras mulheres a comandarem o Tribunal Regional do Trabalho da 6ª região (TRT6), os Tribunais de Contas da União (TCU) e do Estado (TCE), Defensoria Pública, Procuradorias Regionais da República e do Trabalho e de mulheres que integraram a diretoria da OAB-PE.

Junto às fotos das pioneiras, haverá fotos de mulheres que ocuparam ou ocupam espaços de liderança ou de decisão no Executivo, Legislativo, Judiciário e instituições ligadas à área jurídica na sequência das primeiras em suas instituições.

Inspiradoras – Na seção “Mais Mulheres que Inspiram”, a exposição terá um espaço dedicado a homenagear seis mulheres que fazem a diferença em diversos segmentos sociais. São elas: Maria Aparecida Mendes, ativista em defesa da causa quilombola e educadora do Quilombo Conceição das Crioulas, de Salgueiro (Sertão); Mestra Lúcia Firmino, bordadeira de Passira (Mata Norte); Mestre Nicinha Otília, artesã do Alto do Moura, em Caruaru (Agreste); Silvânia Estorlando, articuladora social do Alto da Bica, no Recife; Valdeci Oliveira, quilombola ativista no enfrentamento à violência contra as mulheres por meio do Movimento Trabalhadoras Rurais, de Salgueiro; e Carmen Pontes, maestrina da Orquestra 100% Mulher – 1ª orquestra de mulheres de Pernambuco.

Serviço:

Exposição fotográfica “Pioneiras”
– Sede do TRE Pernambuco: av. Agamenon Magalhães, 1160, Derby, Recife.
– Lançamento: próxima sexta-feira (10), às 10h30; a partir de então ela ficará permanente no hall de entrada da sede do TRE-PE com visitação aberta ao público nos dias úteis, das 8h às 14h, sem necessidade de agendamento.

—————————————————————–
Texto: Redação Ascom TJPE com informações do TRE
Imagem: TRE- PE

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJPE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + 3 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?