Lar Legal beneficia mais de 270 famílias nas regiões norte, sul e oeste do Estado

O Programa Lar Legal segue sua rotina de transformar a vida de famílias catarinenses com a entrega de títulos de regularização de suas propriedades e formalizar a posse através da entrega das escrituras dos imóveis. As solenidades mais recentes aconteceram em Siderópolis, na região Sul, Jaraguá do Sul, na região Norte, e Irani, na região Meio Oeste. Ao todo, 276 famílias de Santa Catarina receberam a escritura de seus lares na última semana.

A maior entrega de títulos da semana aconteceu em Siderópolis, onde 191 famílias, moradoras dos bairros Vida Nova, Renascer e Rio Fiorita, realizaram o sonho de ter em mãos o documento de suas propriedades. O evento aconteceu na última quinta-feira (26/10) na Piazza Nova Belluno.

O juiz cooperador do Lar Legal, Klauss Corrêa de Souza, no ato representando o coordenador do programa, desembargador Selso de Oliveira, lembrou que o processo foi longo, mas valeu a pena e que agora o título dá a garantia aos moradores. “Agora esse lugar onde vocês moram é dos senhores. Vão transmitir para os seus filhos, que podem investir hoje nessas moradias. O município pode auxiliar e investir também nessas localidades. Estou muito feliz, representando o desembargador Selso, que é um entusiasta desse programa. Tenho muito orgulho de trazer aos municípios e agradeço sempre aos representantes municipais em acreditar”, explicou o magistrado.

O prefeito do município, Franqui Salvaro, afirmou ser uma noite marcante e um dia muito feliz como prefeito. “Estamos dando proteção ao cidadão. As famílias passam a ter oficialmente a titularidade dos seus imóveis e estão asseguradas para fazer os investimentos. Agora elas podem financiar uma reforma ou uma ampliação dos seus lares”. A entrega também foi acompanhada pelo juiz Rafael Milanesi Spillere, diretor do foro da comarca de Criciúma, que abrange o município de Siderópolis (Com fotos e informações: Antonio Rozeng, assessoria de imprensa da Prefeitura de Siderópolis).

Jaraguá do Sul

Em Jaraguá do Sul, no norte do Estado, o Lar Legal entregou o esperado título de propriedade a 59 famílias, na quinta-feira (26/10). Os beneficiados são moradores do loteamento Nelson Gaedke. Na cidade, o programa já regularizou centenas de terrenos. A previsão é de que mais processos sejam concluídos em breve para levar dignidade a um número maior de pessoas.

Durante a solenidade, o juiz José Aranha Pacheco, diretor do foro, falou sobre a importância da parceria entre o Poder Judiciário e as prefeituras na execução do programa. “Além de oficializar a propriedade às famílias, a regularização possibilita a implementação de melhorias nesses locais, com a implantação de obras de saneamento básico e iluminação pública, por exemplo. Nos sentimos orgulhosos por fazer parte deste processo”, finalizou.

O evento contou com a presença da juíza Graziela Alchini, titular da Vara Regional de Direito Bancário da comarca de Jaraguá do Sul; do secretário municipal de Assistência Social e Habitação, Terres da Silva; e do presidente da Câmara de Vereadores, Luís Fernando Almeida (Com fotos e informações: Prefeitura de Jaraguá do Sul).

Irani

Em Irani, no meio oeste do Estado, a entrega beneficiou 26 famílias moradoras dos loteamentos Vila do Rosa e Vila Zamarki. A solenidade aconteceu na última terça-feira (24/10) e teve a presença do prefeito Vanderlei Canci, do vice-prefeito Adelmo Mauro Lohmann, do presidente da Câmara de Vereadores Leocir Antonio Biazzi, além de servidores e população em geral. (Com fotos e informações: Prefeitura de Irani).

Imagens: Divulgação/Prefeituras
Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros – Reg. Prof.: SC00445(JP)
O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJSC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 3 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?