Justiça Federal do Paraná realiza doação de veículos a instituições

A Direção do Foro da Seção Judiciária do Paraná realizou na tarde de segunda-feira (23) ato simbólico para marcar a destinação de doze (12) veículos usados para instituições/entidades que atuam no Estado. A doação é resultado do programa de desfazimento da Justiça Federal do Paraná (JFPR), em atendimento às normas estabelecidas pelo Conselho da Justiça Federal.

 

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) recebeu nove (09) veículos Zafira e um veículo Ômega; o Instituto Schnorr um veículo Doblô e a Associação Filantrópica Ebenezer (AFE) uma Van Mercedes Benz. O valor total dos veículos está avaliado em mais de R$ 350.000,00 (trezentos e cinquenta mil reais).

O Diretor Administrativo da SJPR, Layre Colino Neto, destacou que a entrega dos veículos significa valorizar ainda mais aqueles que trabalham nas instituições e também os que são beneficiados com seus trabalhos. “É  uma satisfação doar os veículos. O espírito colaborativo e de cooperação é importante para todos nós aqui da JFPR”, acrescentou.

Parceria importante

O pró-reitor de Administração da UFPR, Eduardo Salamuni, considerou o recebimento dos veículos muito oportuno. Segundo ele, os veículos serão utilizados em atividades de rotina, logística e pequenas viagens de professores e alunos que participam de projetos de pesquisa e extensão da Universidade.

O presidente da AFE, Edilson Siqueira, falou que o carro será “muito bem-vindo para auxiliar no transporte de crianças e adolescentes que são atendidos pela associação”. A entidade tem atuação em Colombo (PR) e trabalha com a inclusão social e o exercício da cidadania, através de atividades educativas, esportivas e culturais.

Já o presidente do Instituto Schnorr, Alexsandro Aparecido Lima, disse que o veículo será utilizado para a coleta de alimentos que são doados para manter os projetos realizados que atendem mais de 160 famílias. A entidade atua na cidade de Araucária (PR).

Equipe da UFPR no ato de entrega dos veículos
O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TRF4

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 − 3 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?