JF autoriza operação para combater o contrabando de cigarros na região oeste do Paraná

A Polícia Federal deflagrou operação na manhã desta quinta-feira (20/07) com o objetivo de desarticular organização criminosa que atuava com a comercialização de cigarros contrabandeados na região de fronteira com o Paraguai.

Os 27 mandados judiciais foram expedidos pela 1ª Vara Federal de Umuarama. São 20 de busca e apreensão e 07 de prisão preventiva nas cidades de Umuarama, Tamboara, Paranavaí, Diamante do Norte e Cruzeiro do Oeste.

De acordo com PF, o núcleo da organização criminosa se baseava em Umuarama, onde o grupo armazenava os produtos em galpões que funcionavam  como uma espécie de entreposto logístico e operacional antes dos cigarros serem enviados para outros Estados.

Ainda segundo a PF, o grupo contava ainda com um esquema de pagamento de propina a agentes públicos de segurança para que os carregamentos de cigarro e respectivos batedores não fossem abordados em postos da polícia rodoviária estadual, de modo a garantir que as mercadorias contrabandeadas fossem facilmente transportadas pelas rodovias do Estado.

Com o objetivo de descapitalizar os criminosos, a 1ª Vara Federal de Umuarama autorizou também o sequestro de bens móveis e imóveis ligados a 10 investigados, bem como o bloqueio de contas em nome das pessoas físicas e jurídicas vinculadas à Organização Criminosa.

Os envolvidos deverão responder pela prática de contrabando, comércio, depósito e transporte de cigarros contrabandeados, participação em Organização Criminosa e lavagem de dinheiro. Esses crimes possuem penas máximas que, somadas, podem ultrapassar 23 anos de prisão.

*Com informções da assessoria da Polícia Federal.

 

Comunicação Social da Seção Judiciária do Paraná
COMSOC/JFPR (imprensa@jfpr.jus.br)

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TRF4

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × três =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?