INTEGRAÇÃO DOS SISTEMAS SISBAJUD E PJE SIMPLIFICA O TRABALHO DE MAGISTRADOS E SERVIDORES

Contribuir para uma Justiça célere, eficiente e transparente é um dos principais compromissos do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.

Na busca constante por modernização de seus sistemas para atender melhor à sociedade, o TJRJ disponibilizou, a partir da implantação da competência cível no Processo Judicial Eletrônico (PJe), a integração com o Sistema de Busca de Ativos do Poder Judiciário (SISBAJUD).

O objetivo é reduzir os prazos de tramitação dos processos, aumentar a efetividade das decisões judiciais e aperfeiçoar a prestação jurisdicional, facilitando o trabalho dos usuários do sistema – magistrados e servidores -, uma vez que não será mais necessário entrar no SISBAJUD para solicitar bloqueios de ativos financeiros. Com a integração, todos os procedimentos poderão ser feitos pelo próprio PJe.

 

SISBAJUD

SISBAJUD permite ao Judiciário solicitar informações e bloquear ativos financeiros de pessoas e empresas envolvidas em processos judiciais, uma vez que interliga a Justiça ao Banco Central e às instituições participantes.

 

PJe

PJe é uma plataforma digital desenvolvida pelo CNJ, implantada em todos os tribunais do país.

Para mais informações consulte o manual disponível no site do TJRJ aqui.

 

Departamento de Comunicação Interna 

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJRJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 2 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?