INSS libera a ordem de pagamento do 13º salário depositado no fim deste mês

Uma boa notícia para os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Após meses de incertezas e inseguranças, o Governo Federal confirmou a antecipação do 13º salário para aposentados e pensionistas, que deve começar em breve. 

Os segurados do INSS iniciaram o ano em descontentamento com o atual governo em virtude da notícia de que o 13º salário não seria drasticamente antecipado, como vinha acontecendo desde o início da pandemia da Covid-19. 

A prática havia sido adotada pelo ex-presidente, Jair Bolsonaro, como uma forma de amparar financeiramente os aposentados e pensionistas em meio ao caótico cenário econômico enquanto outros grupos eram contemplados por benefícios emergenciais. 

Contudo, o ano de 2023 iniciou com um novo presidente no poder, Luiz Inácio Lula da Silva. Um dos anúncios do petista em relação aos benefícios voltados aos segurados do INSS foi o de que o 13º salário não seria antecipado em 2023, seguindo o cronograma padrão. Pouco tempo mais tarde, o chefe do Executivo Federal voltou atrás na decisão, informando que o abono natalino seria pago a partir do dia 25 de agosto. 

Agora, o 13º salário dos aposentados e pensionistas do INSS foi confirmado para os meses de maio e junho. O benefício será pago em duas parcelas junto ao calendário oficial de pagamentos mensais da Previdência Social.

Logo, a primeira parcela será liberada neste mês de maio a partir do dia 25, e a segunda será paga junto com os benefícios do cronograma de junho, previsto para começar no dia 26.

A estimativa feita pelo Governo Federal é de que, aproximadamente, 30 milhões de beneficiários do INSS recebam os depósitos do 13º salário. O abono natalino é direcionado tanto aos segurados titulares dos benefícios, quanto aos dependentes em caso de pensão por morte. 

No total, serão distribuídos R$ 62,6 bilhões através do 13º salário. Cabe destacar que, quem recebe um salário equivalente ao piso nacional, terá a chance de acessar quantias maiores, considerando o reajuste vigente desde o dia 1º de maio, que agora paga R$ 1.320. No entanto, nada muda para quem recebe o teto do INSS, de R$ 7.507,49. 

Calendário do 13º salário do INSS 

Para quem recebe um salário mínimo

Primeira parcela

  • Benefício final 1 – 25 de maio;
  • Benefício final 2 – 26 de maio;
  • Benefício final 3 – 29 de maio;
  • Benefício final 4 – 30 de maio;
  • Benefício final 5 – 31 de maio;
  • Benefício final 6 – 1 de junho;
  • Benefício final 7 – 2 de junho;
  • Benefício final 8 – 5 de junho;
  • Benefício final 9 – 6 de junho;
  • Benefício final 0 – 7 de junho.

Segunda parcela 

  • Benefício final 1 – 26 de junho;
  • Benefício final 2 – 27 de junho;
  • Benefício final 3 – 28 de junho;
  • Benefício final 4 – 29 de junho;
  • Benefício final 5 – 30 de junho;
  • Benefício final 6 – 03 de julho;
  • Benefício final 7 – 04 de julho;
  • Benefício final 8 – 05 de julho;
  • Benefício final 9 – 06 de julho;
  • Benefício final 0 – 07 de julho.

Para quem recebe o teto do INSS

Primeira parcela 

  • Benefício final 1 e 6 – 1 de junho;
  • Benefício final 2 e 7 – 2 de junho;
  • Benefício final 3 e 8 – 5 de junho;
  • Benefício final 4 e 9 – 6 de junho;
  • Benefício final 5 e 0 – 7 de junho. 

Segunda parcela 

  • Benefício final 1 e 6 – 03 de julho;
  • Benefício final 2 e 7 – 04 de julho;
  • Benefício final 3 e 8 – 05 de julho;
  • Benefício final 4 e 9 – 06 de julho;
  • Benefício final 5 e 0 – 07 de julho.
O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Via
LAURA ALVARENGA EM 8 DE MAIO DE 2023, ÀS 10:30 REVISADO POR: EDUARDA ANDRADEINSS libera a ordem de pagamento do 13º salário depositado no fim deste mês. (Imagem: FDR)
Fonte
fdr

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 3 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?