Indústria fluminense cresce 6,1% no primeiro trimestre de 2023

Nível de produção da indústria fluminense já está acima do patamar pré-pandemia, segundo o levantamento do IBGE

A produção industrial continua avançando no Estado do Rio de Janeiro. É o que mostra a Pesquisa Industrial Mensal Regional (PIM Regional), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o estudo, a indústria do Rio de Janeiro cresceu 6,1% no primeiro trimestre de 2023, na comparação com o mesmo período de 2022. Também teve um crescimento de 5,8% na comparação mensal – março de 2023 em relação a março do ano anterior – e de 5,1% no acumulado em 12 meses, até março deste ano. Registrou, ainda, uma alta de 0,7% de fevereiro para março.

– A pesquisa do IBGE constatou que o nível de produção da indústria fluminense ultrapassou o patamar pré-pandemia, considerando o mês de fevereiro de 2020. Isso demonstra não apenas a recuperação do setor no Estado do Rio, mas sinaliza uma tendência positiva de impacto sobre o crescimento da economia e significa mais empregos e renda gerados para a população – afirma o governador Cláudio Castro.

De acordo com o IBGE, a atividade de petróleo tem contribuído para os bons resultados da indústria do Rio de Janeiro, neste início de ano, com o aumento da produção na cadeia de petróleo e gás.

– O resultado é fruto das ações que o governo do estado tem adotado para melhorar o ambiente de negócios e possibilitar a expansão e instalação de empresas em território fluminense. Também é determinante para esses bons indicadores o forte crescimento da construção civil, viabilizado pelos investimentos do PactoRJ em todo o estado – explica o secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços, Vinicius Farah.

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Via
POR ASCOM
Fonte
JORNAL TERCEIRA VIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + sete =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?