Homem que cometeu feminicídio na presença da filha da vítima recebe pena de 31 anos

O Conselho de Sentença da Vara do Tribunal do Júri da comarca de Joinville, em sessão realizada na última quinta-feira (6/07), condenou um homem a 31 anos e um mês de prisão por feminicídio praticado por motivo torpe e meio cruel. Ao réu, que já se encontra encarcerado, não foi concedido o direito de recorrer em liberdade.

O crime aconteceu em agosto de 2021, no bairro Vila Nova. A vítima foi morta a facadas na presença da filha, circunstância preponderante para valoração da pena. “O fato criminoso implicou em graves sequelas psicológicas à filha da vítima, conforme ela descreveu em Juízo”, ressalta a Magistrada na decisão.

De acordo com a denúncia, inconformado com o fim do relacionamento, o réu desferiu diversos golpes que atingiram as regiões da cabeça, pescoço, tórax, mãos e pernas da ex-companheira, responsáveis por causar intenso sofrimento à vítima (N° 5039983-26.2021.8.24.0038/SC).

Imagens: Divulgação/Comarca de Joinville
Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros – Reg. Prof.: SC00445(JP)

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJSC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − dezessete =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?