Homem que assassinou desafeto com 40 facadas é condenado a 12 anos em Porto União

Em sessão do Tribunal do Júri da comarca de Porto União realizada na última sexta-feira (10/2), o Conselho de Sentença condenou um homem a 12 anos de prisão, em regime inicial fechado, por homicídio duplamente qualificado registrado na madrugada do dia 5 de março de 2022, na parte externa do Clube Concórdia. Foram reconhecidas as qualificadoras de meio cruel e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima.

De acordo com a denúncia, o acusado e seu irmão – atualmente foragido – perseguiram, alcançaram e derrubaram o ofendido no chão, momento em que desferiram contra ele cerca de 40 facadas no tórax e nas costas (regiões vitais) e também nas pernas, braços e região glútea, o que lhe causou sofrimento desnecessário. A motivação seria um desentendimento anterior entre o irmão dos denunciados e a vítima.

Os trabalhos foram presididos pela juíza Letícia Bodanese Rodegheri, que negou ao condenado o direito de recorrer em liberdade. Ele já estava preso preventivamente desde a data dos fatos. O processo tramita em segredo de justiça.

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Via
Imagens: Divulgação/Comarca de Porto União Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Fonte
TJSC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + dois =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?