Guarda Municipal, suspeito de feminicídio em SFI, é preso em Macaé

O crime ocorreu entre o último domingo (09) e segunda (10) na praia de Santa Clara

Suspeito de feminicídio contra a ex-companheira Priscila de Souza Gomes, o Guarda Civil Municipal Frederico Moreira Pinheiro foi preso nesta terça-feira (11) no município de Macaé. A prisão aconteceu através da integração entre as Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal. O crime ocorreu entre o último domingo (09) e segunda (10) na praia de Santa Clara, no município de São Francisco de Itabapoana. Segundo informações da Polícia Civil, a prisão foi preventiva.

Diante das provas formalizadas na sede policial e dos indícios da autoria do crime, a Delegada de Polícia Titular da 147ª DP, Ivana Morgado, representou pela Prisão Preventiva em desfavor do Guarda Municipal que havia fugido para a Região dos Lagos. Logo após a Justiça expedir o mandado de prisão, o suspeito foi localizado, preso e encaminhado ao setor de custódia apropriado, segundo a Polícia Civil.

Sobre o crime – Priscila de Souza Gomes, de 28 anos foi assassinada a tiros na madrugada da última segunda-feira (10), na praia de Santa Clara, em São Francisco de Itabapoana. Segundo informações da Polícia Militar, Priscila estava na casa do ex-marido, junto com outras pessoas, quando os dois discutiram por motivos de ciúmes. O suspeito, que é agente de trânsito, mostrou uma arma e segundo relatos recebidos pela polícia no local, a vítima conseguiu tirar a arma da mão dele e também jogou no chão o telefone celular do suspeito.

Após a discussão, Priscila e as outras pessoas que estavam na casa foram embora, e na rua, foram seguidas pelo ex-marido dela, que estava de carro, quando alcançou o grupo ele efetuou os disparos contra a mulher. Populares acionaram o Resgate Municipal, mas quando a equipe chegou ao local verificou que a mulher já estava sem vida.

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
JORNAL TERCEIRA VIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − três =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?