Fórum Ministro Milton Luiz Pereira recebe visita de acadêmicos de Direito da Uniopet

A Justiça Federal em Curitiba – Sede “Ministro Milton Luiz Pereira” (Edifício Bagé) recebeu, no dia 30/11, a visita de 10 estudantes de Direito da Uniopet. Os alunos participaram do PVITA – Programa de Visitação Técnico-Acadêmica, oferecido pela JFPR desde 2015, e que já recebeu mais de mil alunos. O PVITA é coordenado pela Direção do Foro da Justiça Federal e pela Divisão de Documentação e Memória da Instituição (DDOCM).

A turma estava acompanhada dos professores Dirceu Pertuzatti, coordenador do curso, e Mauro Tarantini Jr., coordenador do Núcleo de Prática Jurídica da instituição de ensino. O grupo foi recepcionado no auditório Ministro Jarbas Nobre, recentemente reformado, e recebeu uma explicação sobre a competência, estrutura e funcionamento da Justiça Federal, da servidora Dulcinéia Tridapalli, da DDOCM.

Depois visitaram a 22ª Vara Federal, onde conheceram secretaria e gabinetes, tendo sido recebidos pela Juíza Karen Éler Pesch e pelo servidor Gustavo Vanini Nunes, Diretor de Secretaria da unidade. A juíza e o servidor abordaram o funcionamento da Vara, os tipos de processos lá recebidos e a forma de trabalho do quadro funcional. Também conversaram com o grupo sobre as carreiras de servidor e magistrado, suas peculiaridades e satisfações.

Na sequência os estudantes acompanharam alguns minutos da sessão de julgamento da 3ª Turma Recursal dos JEFs, em que um advogado realizou sustentação oral, em recurso tratando de concessão de auxílio-doença.

O grupo finalizou a visita conhecendo o Cejuscon – Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania, responsável pelas conciliações na JFPR, o Setor de Perícias e o Setor de Atermação da Justiça Federal. A visita a estes locais foi acompanhada pela Diretora da Divisão, Simone Pedroso Ribeiro, que explicou o funcionamento dos setores, pontuando a importância de uma conciliação bem conduzida e das técnicas necessárias à atividade. A servidora Claudia Czarnik Nagamine demonstrou também a agilidade que tem sido empreendida às perícias. Por fim, o grupo conheceu a “porta de entrada” do cidadão aos JEFs – o setor de atermação, onde as partes são recepcionadas e explicam suas demandas, recebendo acolhimento e orientação dos servidores.

Texto: Divisão de Documentação e Memória

Fotografia dos alunos durante uma sessão

Fotografia dos alunos durante uma sessãoFotografia dos alunos durante a visita a sede da Justiça Federal.Fotografia dos alunos durante a visita a sede da Justiça Federal.
O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TRF4

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + 3 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?