Fórum de Aparecida inaugura nova sala de atendimento psicossocial para jurisdicionados

Serviço atenderá população de Aparecida e Potim.

O fórum da Comarca de Aparecida inaugurou, na última semana, uma nova sala de atendimento psicossocial a crianças, adolescentes e adultos encaminhados a partir de medidas judiciais. O serviço alcança a população das duas cidades de Aparecida e Potim, que integram a 48ª Circunscrição Judiciária, com sede em Guaratinguetá.
O local foi reformado a partir de uma parceria entre o Judiciário local e o Santuário Nacional de Aparecida. Além dos atendimentos do setor técnico, a sala será utilizada para a realização de depoimentos especiais (oitivas de crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência perante autoridade policial ou judiciária).
Segundo a diretora do fórum, juíza Luísa Tostes Escocard de Oliveira, o novo espaço torna o ambiente de atendimento mais acolhedor. “Considerando que é uma sala destinada a atendimentos de adultos, adolescentes e crianças, tivemos o cuidado de pensar em uma disposição da sala que permitisse criar um ambiente mais lúdico ao fundo e, no início, algo menos infantil. As paredes pintadas em azul claro e a figura da árvore da vida, escolhidas em conjunto com as assistentes sociais, buscam transmitir paz e serenidade a quem vier a ser atendido aqui. Estou certa de que o novo espaço, mais acolhedor, gerará benefícios de ordem qualitativa aos estudos psicossociais realizados na comarca”, afirma a magistrada.
A maior parte dos encaminhamentos para o acompanhamento psicológico e social em Aparecida ocorre em assuntos de Infância e Juventude, tanto no âmbito protetivo quanto infracional, e Família, incluindo demandas de guarda e alienação parental. Entre outras atribuições, o atendimento psicossocial visa assegurar o retorno dos acolhidos às famílias (naturais ou extensas) e, quando exauridas as tentativas, há o atendimento a menores e pretendentes em eventual processo de adoção. Atualmente, a comarca conta com 24 crianças e adolescentes acolhidos, sendo 19 em Aparecida e cinco em Potim.

Comunicação Social TJSP – RD (texto) / Divulgação (fotos)
imprensatj@tjsp.jus.br

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJSP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + dezenove =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?