Editora da UENF lança livro nesta quarta-feira em comemoração aos 30 anos da Universidade

Este é o primeiro volume de uma coletânea de cinco livros, que serão publicados nos próximos meses

Três décadas se passaram desde a fundação de uma das mais conceituadas instituições de ensino superior do Brasil — a Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) — e a data está registrada em um livro, que será lançado pela Editora da UENF (EdUENF) nesta quarta-feira, 16/08/23. O lançamento ocorre no dia do aniversário da Universidade, durante o Conselho Universitário Solene (CONSUNI), que acontece a partir das 14h, no Centro de Convenções. A versão digital já está disponível no site da EdUENF (AQUI) e a impressa será lançada ainda em agosto. Este é o primeiro volume de uma coletânea de cinco livros previstos a serem publicados ainda em 2023.

O primeiro volume, de 165 páginas, é dividido em 15 capítulos que contam a trajetória administrativa e institucional da Uenf, incluindo os avanços nestes 30 anos, período em que a Universidade foi administrada por nove reitores. Histórico sobre a luta pela implantação da Uenf e a contribuição de personalidades, como o ex-governador Leonel Brizola, o antropólogo Darcy Ribeiro e o arquiteto Oscar Niemeyer, também estão descritos no livro.

O reitor da Uenf, Raul Palacio, destacou que o livro, entre outros pontos, deixa clara a razão pela qual a Universidade foi criada. “A UENF foi idealizada como uma lupa para o desenvolvimento das regiões Norte e Noroeste do Estado do Rio. E a UENF cumpriu esse objetivo, seja em qualquer ponto de vista, como, por exemplo, na formação de pessoas, com seus mais de 11 mil formados. A universidade criou uma quantidade suficiente ou pelo menos necessária de profissionais capacitados para ajudar no desenvolvimento regional. Muitas pesquisas desenvolvidas na Uenf abordam pontos importantes para o crescimento regional. E reunir tudo isso em um livro é fundamental porque, se a gente não escreve, não registra a história, em um determinado tempo ela será esquecida”, pontuou o reitor, que parabenizou a editora-chefe da EdUENF, professora Katia Valevski Sales Fernandes, pela organização da coletânea.

História da Universidade e seus Centros

De acordo com o diretor do Centro de Biociências e Biotecnologia (CBB), Vanildo Silveira, o capítulo que registra a atuação do CBB evidencia o orgulho por ter formado mais de 2 mil biólogos e mais de 300 mestres e doutores. “A publicação destaca a geração de ciência de qualidade e o cumprimento do papel regional do CBB ao longo destas três décadas. Além disso, o texto conta a história de suas unidades administrativas, uma narrativa a ser complementada no tomo dedicado aos laboratórios do Centro a ser lançado até dezembro de 2023. Enfatiza, ainda, a importância dos programas de pós-graduação do CBB, mostrando que a pesquisa realizada reflete um compromisso contínuo com a excelência científica, destacando-se pela alta produtividade e pelo alto fator de impacto de suas publicações nas diversas áreas do conhecimento”.

Diretor do Centro de Ciência e Tecnologia (CCT), professor Oscar Alfredo Paz La Torre evidenciou que, entre outros pontos, o livro dos 30 anos detalha projetos de extensão, pesquisa e inovação desenvolvidos no Centro, que permitem que os estudantes vivenciem a prática da pesquisa científica e tecnológica, aplicando os conhecimentos adquiridos em sala de aula e contribuindo para a geração de novos conhecimentos e tecnologias. “Em resumo, o CCT desempenha um papel integral na trajetória de sucesso da universidade ao longo de suas três décadas de existência. Seus destaques em pesquisa, formação de recursos humanos, inovação e impacto social têm contribuído para consolidar a UENF como uma instituição de ensino, pesquisa e extensão de renome, com influência positiva na região”.

Já o diretor Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias (CCTA), professor Manuel Vazquez Vidal Junior, lembrou que este livro será somado aos livros anteriores, inclusive aos textos norteadores de Darcy Ribeiro e permitirão que as futuras gerações compreendam melhor a UENF e o contexto em que ela esteve inserida até então. “No contexto do livro, o CCTA se destaca por transitar no meio urbano e rural, sendo a única instituição do Estado a ter cursos de graduação em Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia. No âmbito da pós-graduação o Centro contribui com a sociedade, formando mestres e doutores em genética e melhoramento de plantas, produção vegetal e ciência animal, sendo que o curso de pós-graduação em medicina veterinária surge como o mais novo da universidade.”

Por fim, o diretor do Centro de Ciências do Homem (CCH), Rodrigo da Costa Caetano, reiterou que o livro traz memórias da UENF e de seus Centros, que ajudam a contextualizar a importância da universidade para Campos e região. “A memória é a expressão da resistência de muitos povos e da existência institucional, revelando, na história da UENF, a importância da sua essência, assim como o resgate das diversas lutas e transformações, alimentando a nossa longanimidade para vindouras conquistas. São instrumentos da memória institucional hinos, filmes, museus (ou espaços de exposição da história), livros etc. Nesse sentido, um livro emblemático, em alusão aos 30 anos, torna-se um marco simbólico das nossas vitórias e do valor que conferimos a todo esse processo de construção coletiva. No capítulo alusivo ao CCH apresentamos as suas principais contribuições tanto para a UENF quanto para a sociedade, destacando, também, ações concretas, projetos (como o ‘Territórios do Petróleo’ e o ‘Pescarte’) e potencialidades.”

(Texto: Thiago Gomes – Eduenf)

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
JORNAL TERCEIRA VIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três − três =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?