ECA na Comunidade: Justiça do Acre atendeu mais de 2 mil crianças e adolescentes

O Judiciário acreano encerrou na quarta-feira (6/12) as atividades de 2023, do projeto “ECA na Comunidade Direitos e Deveres”, na Escola Willy Viana das Neves, localizada no bairro Cidade Nova, em Rio Branco. As ações são desenvolvidas pela Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ), do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), sob responsabilidade da desembargadora Waldirene Cordeiro.

O projeto executado com base na Lei n.º 8.069 de 1990, que institui o Estatuto da Criança e Adolescente, encerra o ano com a participação de mais de 2 mil pessoas, entre crianças, adolescentes e pais, passando por 15 escolas da zona urbana e rural, em diferentes bairros de Rio Branco.

A diretora da Escola Willy Viana, Jemille Oliveira, ressalta que é de extrema importância o projeto ECA na Comunidade. “A comunidade tem sido bem receptiva, porque os profissionais esclarecem, orientam e auxiliam as famílias a entender essa questão do cuidado da integridade física e emocional das crianças, abrangendo o crescimento cognitivo. Nós temos sempre um olhar diário com as crianças que estão em risco, orientando e procurando preservar a família e a criança,” finaliza Oliveira.

“O projeto é de muita importância porque nos ajuda a educar mais as filhas e filhos, ter mais atenção, sempre tirar um tempo livre para tá cuidado, sabendo o que passou no dia a dia deles”, descreveu Anatalia Andrade, mãe de uma aluna.

Fonte: TJAC

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Via
As ações são desenvolvidas pela Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ), do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), Foto: Elisson Magalhães | Comunicação TJAC
Fonte
CNJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 15 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?