Deputados estaduais eleitos tomam posse nesta quarta na ALERJ

Expectativa é grande para a eleição da Mesa Diretora, nesta quinta

Os deputados eleitos para a 13ª Legislatura da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vão tomam posse na tarde desta quarta-feira (1), em sessão solene no Plenário Barbosa Lima Sobrinho, no Palácio Tiradentes, antiga sede da Assembleia. A sessão será comandada pelo deputado Carlos Minc (PSB), decano da Casa, que iniciará seu décimo mandato. A Alerj terá uma renovação de 45,7% de suas cadeiras, e essa legislatura contará com 32 novos parlamentares e 38 reeleitos.

Nesta nova legislatura da Alerj, destaca-se o crescimento da bancada feminina, que representa 21,4% do total de parlamentares – em 2018, tinham sido eleitas 12 mulheres.

A maior bancada será do PL, com 17 deputados. Em sequência, vem a bancada do União Brasil, com oito parlamentares, seguida pelo PT com sete, PSD com seis e PSol com cinco. O PP contará com quatro deputados, enquanto o Republicanos e o Solidariedade terão três deputados cada um. Os partidos com dois representantes na Alerj são PSB, PROS, MDB, PDT e Podemos. Já Avante, PMN, Patriota, Agir, PSC, PTB, PCdoB contam com um parlamentar, cada legenda.

Eleição da Mesa Diretora
Os deputados eleitos voltam a se reunir na quinta-feira (02), às 15h, também no Palácio Tiradentes, para a eleição da Mesa Diretora e do novo presidente da Alerj. Os eleitos terão um mandato de dois anos. Até a última segunda-feira, a eleição aparentava ser tranquila, com chapa única do deputado Rodrigo Bacellar (PL), mas o deputado Jair Bittencourt (PL) lançou sua candidatura à presidência do legislativo Estadual.

Rodrigo e Jair, ambos do interior do estado, ocupam atualmente, cargos no primeiro escalão de Cláudio Castro. Bittencourt é secretário de Agricultura, enquanto Bacellar é o chefe da pasta de Governo. O racha na base tem como um dos pontos principais a insatisfação pela indicação de Rosenverg Reis (MDB) para a primeira secretaria, uma espécie de “prefeitura” da Casa. A candidatura de Jair Bittencourt (PL) à presidência da Alerj — desafiando a já estabelecida de Rodrigo Bacellar (PL) — já causou efetivamente um primeiro racha.

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
JORNAL TERCEIRA VIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + sete =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?