Correios desistem de recursos em mais de 3,7 mil processos em trâmite no TST

Medida foi adotada após acordo de cooperação técnica

A Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) informou ao Tribunal Superior do Trabalho (TST) que registrou a desistência de recursos e de renúncia a prazos recursais (ou seja, não apresentou novos recursos) em 3.781 processos que estavam em trâmite no TST.

A medida é resultado do Acordo de Cooperação Técnica nº 04/2023, firmado entre os Correios e o TST em 27 de abril de 2023. Os dados foram contabilizados até 11 de dezembro. A cooperação entre a Corte e a estatal foi conduzida pela Vice-Presidência do TST. O propósito foi reduzir o número de processos, além de estimular a prevenção de litígios, o gerenciamento de precedentes e o fomento da resolução consensual de controvérsias.

Para o vice-presidente do Tribunal, ministro Aloysio Corrêa da Veiga, os objetivos estão sendo alcançados, com uma adequação no gerenciamento do contencioso da empresa. Ainda segundo ele, cooperações como essa, firmada pelo TST e pela ECT, fortalecem a solução dos conflitos trabalhistas por meio da conciliação. Os resultados, reforça, contribuem para uma resposta tempestiva, célere e coerente da Justiça do Trabalho.

Além da desistência de mais de três mil processos, a partir da cooperação, já foram homologados três acordos dos Correios, no âmbito do Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Cejusc/TST).

(Secom)

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Via
Foto: Agência Brasil
Fonte
TST

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 1 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?