Comitê de Governança de TI do CJF discute soluções nacionais e corporativas*

O Comitê de Governança de Tecnologia da Informação do Conselho da Justiça Federal (CGovTI/CJF) reuniu-se, na terça-feira (4/4), na sede do Órgão, para tratar do aperfeiçoamento dos sistemas nacionais e corporativos. O secretário-geral do CJF, juiz federal Daniel Marchionatti, destacou a relevância dos encaminhamentos dados durante o encontro.

“A governança da tecnologia da informação é um assunto fundamental para qualquer instituição e o Conselho precisa tomar as decisões sobre como gerir os seus recursos de TI, tanto de infraestrutura quanto de pessoal. Portanto, nas reuniões do Comitê, nós debatemos ideias sobre os rumos do CJF e o relacionamento com toda a Justiça Federal e procuramos nos atualizar e nos alinhar com a nossa missão, visão, estratégia e nossos objetivos”, explicou o magistrado.

O grupo debateu as melhorias e evoluções dos principais sistemas nacionais, buscando formas para otimizar os recursos e atender as necessidades da Justiça Federal, bem como trocou ideias referentes à evolução da infraestrutura tecnológica e à minimização de riscos.

O secretário de Tecnologia da Informação (STI) do CJF, Charles Fernando Alves, também fez um balanço das ações em andamento, dos recursos e da mão de obra necessária para o atendimento das demandas. “Estamos em um processo de modernização tanto do Conselho quanto de toda a Justiça Federal. Para isso estamos investindo em soluções tecnológicas mais evoluídas, buscando cada vez mais uma padronização dos sistemas”, afirmou.

O secretário de TI ainda apontou a implantação do Sistema Eletrônico de Recursos Humanos (SERH) como um dos temas de destaque. “O processo de implantação e de padronização do SERH está em uma fase avançada. Nós já trouxemos o código-fonte do TRF4 e estamos em processo de implantação da folha de pagamento. A nossa expectativa é de concluir a implantação do Sistema até maio”, ponderou o gestor.

Participaram da reunião o juiz auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça Federal Erivaldo Ribeiro dos Santos; os diretores executivos de Administração e de Gestão de Pessoas (DA) e de Planejamento e de Orçamento (DP), Luiz Antonio de Souza Cordeiro e Gustavo Bicalho; o secretário de Planejamento, Orçamento e Finanças (SPO), Marcelo Barros Marques; a secretária de Estratégia e Governança (SEG), Meirielle Viana Pires; o subsecretário de Governança de Tecnologia da Informação, André Chiaratto; o subsecretário de Engenharia de Software, Caio Vinicius Sant’Anna de Carvalho; e o assessor da STI Marco Antonio Mendes de Moraes.

CGovTI

O CGovTI foi instituído pela Portaria CJF n. 537/2020 e visa, entre outras medidas, à realização de práticas que favoreçam a governança e a gestão de TI, ao atendimento das expectativas do Órgão quanto à redução de riscos e à implantação, com maior celeridade, dos serviços de TI.

*Fonte: CJF

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TRF2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 13 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?