Comarcas de SC colocam mulheres no centro das atenções neste março marcado por eventos

A campanha Justiça pela Paz em Casa e as festividades por ocasião da passagem do Dia Internacional da Mulher não passaram em branco nas comarcas catarinenses. Em Itaiópolis, numa parceria entre a Secretaria Municipal de Assistência Social e o Fórum local, foi desenvolvida uma ação de campo para tratar do tema da sororidade, que é a ideia de solidariedade entre mulheres, com apoio mútuo para conquistar a liberdade e a igualdade que tanto merecem e desejam.

A atividade ocorreu no último dia 8 de março, quando as equipes percorreram as ruas da cidade, comércios e empresas e abordaram as mulheres para tratar sobre o tema da campanha. Também foi distribuido material informativo e uma toalha de rosto confeccionada especialmente para a ação, com a frase “Uma por todas e todas por uma”. O objetivo, segundo Marlete Arbigaus,  secretária de Assistência Social, foi “incentivar a sororidade como estratégia de fortalecimento entre as mulheres na prevenção das violências de gênero”.

Sobre o tema escolhido, a psicóloga Sqandra Brandt, do CRAS, relatou que “não se trata de afinidade, mas de empatia. Trata-se de ouvir e se colocar no lugar do outro sem julgamento e nada melhor do que essa data tão significativa que é o Dia Internacional da Mulher, para inspirar essa mudança de paradigma”.

Para o juiz Gilmar Nicolau Lang, titular da comarca de Itaiópolis, “a atuação em rede, contando com o apoio e participação do Poder Judiciário, tem um impacto significativamente positivo na sociedade. O foco dos órgãos de proteção e atendimento deve sempre ser na prevenção. Ao prevenir vulnerabilidades sociais e violência estamos contribuindo para uma sociedade mais igualitária e efetivamente alcançando o que a própria campanha almeja: a paz em casa”.

Na ação, as mulheres foram orientadas sobre o trabalho do CRAS, sobre as formas e meios de buscar ajuda em caso de violência, sobre o que é a sororidade e porque é tão importante, também foi relembrada a campanha “Sinal Vermelho”.

Palestra em Otacílio Costa

Já na comarca de Otacílio Costa, no planalto catarinense, a juíza  Helena Vonsovicz Zeglin, titular daquela comarca, palestrou em evento organizado e realizado pela Rede Catarina de Proteção à Mulher de Otacílio Costa – SC, alusivo ao Dia da Mulher, que ocorreu no último dia dia 11 de março, na sede da Polícia Militar de Otacílio Costa – SC. O tema da palestra foi “O enfrentamento da violência doméstica pelo Poder Judiciário”.

O objetivo do evento foi proporcionar uma manhã agradável às mulheres acompanhadas pela Rede Catarina de Proteção à Mulher, a fim de fortalecimento da auto estima e criação de vínculos entre a comunidade e os órgãos envolvidos na proteção da mulher. Nesse dia foi servido um café da manhã e, em seguida, foram realizadas palestras relacionadas aos temas; saúde mental da mulher, redes de proteção e Poder Judiciário, finalizando-se com uma aula de defesa pessoal.

Imagens: Divulgação/Comarcas
Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros – Reg. Prof.: SC00445(JP)

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJSC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + 16 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?