Comarca de Lages e mais 34 unidades em SC se engajam na campanha Dignidade Menstrual

A comarca de Lages volta a se engajar no movimento que auxilia na redução dos impactos da pobreza menstrual. A unidade e outras 34 comarcas distribuídas pelo Estado aderiram à campanha Dignidade Menstrual, organizada pelo Tribunal de Justiça e sob o comando da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cevid), da Diretoria de Saúde e da Coordenadoria Estadual da Infância e da Juventude (Ceij). A segunda edição foi lançada no último dia 10 de maio.

Os organizadores buscam combater a desinformação e dar visibilidade ao tema. A iniciativa irá arrecadar absorventes descartáveis que serão destinados a mulheres em situação de vulnerabilidade social. Em 2022, mais de 81 mil foram entregues a catarinenses de todas as regiões. Em Lages, os donativos arrecadados entre servidores, servidoras e magistrados tiveram como destino final pessoas atendidas pelas pastorais da Diocese.

A chefe de secretaria do fórum, Yonara Zeschau Schimitz Silva, diz que é importante abordar as questões da pobreza menstrual e ajudar quem sofre com o problema. “No ano passado tivemos uma boa adesão na comarca. Os servidores foram bem parceiros. Além do ato de doar, o assunto pode ser discutido. Isso é fundamental. Não se pode combater algo que não se conhece.”

A arrecadação dos absorventes será feita até o dia 30 de junho. O público interno pode adquirir os absorventes por meio do formulário de requisição de medicamentos, ao custo de R$ 15 por pacote; o valor será debitado na folha de pagamento do servidor. O comprador deverá informar, no campo de observação, que a aquisição se destina à campanha Dignidade Menstrual.

Há ainda a possibilidade de doar presencialmente na comarca. Uma caixa coletora está disponível na entrada principal do fórum. O público externo pode depositar os donativos nesse ponto de coleta. Os parceiros do programa Novos Caminhos também aderiram à ação: FIESC/SESI/SENAI, FAESC/SENAR e Fecomércio/SESC.​

Imagens: Divulgação/Assessoria de Artes Visuais-NCI
Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros – Reg. Prof.: SC00445(JP)
O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJSC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × cinco =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?