CCJF publica nota de repúdio aos atos antidemocráticos de 08/01

O Centro Cultural Justiça Federal repudia os atos inaceitáveis que, a par de caracterizarem evidente atentado contra o Estado Democrático de Direito, vandalizaram parte importante da cultura e da história brasileiras. Os danos sofridos pelo mural “As Mulatas”, de Di Cavalcanti, dentre outras obras de arte, e pelo mobiliário histórico mantido nas sedes de nossos Poderes Constitucionais, são irreparáveis.
Para além da ação violenta contra as instituições democráticas, o vilipêndio à arte, cultura e memória é extremamente grave e deve ser repudiado com absoluta firmeza.
Enquanto instituição cultural integrante do Poder Judiciário, o Centro Cultural Justiça Federal reafirma seu compromisso com a democracia, os direitos humanos, o respeito às instituições, e a necessária preservação da cultura e memória histórica do povo brasileiro.

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TRF2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + 2 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?