Campanha Menos é Mais

Prezados servidores,

O motivo da minha mensagem é falar-lhes sobre a campanha de conscientização do uso adequado de materiais que iremos promover em nosso Tribunal.

Entre os dias 5 e 9 deste mês de junho, estamos celebrando a Semana Mundial do Meio Ambiente, criada pela ONU em 1972, e que tem por objetivo chamar atenção da população sobre a importância de se preservar os recursos naturais.

Inspirados por essa data, o Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro se integra a essa iniciativa de alcance mundial e dá início à campanha ‘Menos é Mais’, conclamando todas as unidades judiciais e administrativas a reavaliarem suas reais necessidades de mobiliário e materiais de consumo e a procederem à devolução daqueles bens que estejam em desuso ou subaproveitados.

O projeto foi idealizado por uma parceria entre a SGGIC, a SGLOG, a SGSUS, a SGADM e a SGTEC, após o Laboratório de Inovação – IdeaRio ter identificado o macrodesafio de ‘carência de material para atendimento de unidades’ e proposto seu enfrentamento junto àquela equipe multidisciplinar, em reuniões de design thinking. A participação de múltiplas Secretarias-Gerais demonstra o engajamento e a preocupação de diversas áreas desta Administração aos temas afetos ao Meio Ambiente.

Com atitude simples, conseguiremos atingir grandes benefícios:

– Para as próprias unidades: melhoria na circulação e acesso das pessoas ao ambiente de trabalho; aproveitamento da área de forma mais racional, destinando os novos espaços abertos a outras finalidades; e facilitação da conferência e lançamento do inventário;

– Para o TJRJ: recomposição do estoque de acervo patrimonial, redistribuindo os móveis entre as unidades com carência; economia de recursos públicos, poupando a compra desnecessária de bens e materiais e possibilitando realocação do dinheiro para áreas mais prioritárias; e fortalecimento da imagem da instituição perante à sociedade;

– Para a sociedade: redução dos impactos ambientais, em razão do menor consumo e da menor demanda por extração dos recursos naturais; melhoria da gestão pública, evitando a depreciação do patrimônio público; e um controle de gastos mais eficientes, viabilizando maiores investimentos nos serviços à população.

Em breve será iniciada a divulgação institucional do material de campanha, informando o período e o procedimento para a devolução dos bens.

 

Certo de que todos abraçarão essa ideia, teremos um Judiciário e um Mundo mais conscientes!

 

Desembargador Ricardo Rodrigues Cardozo

Presidente do TJRJ

 

Com atitudes simples, conseguiremos atingir grandes benefícios!

 

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJRJ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × três =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?