Câmara de São João da Barra aprova reajuste para o funcionalismo e aumento dos cartões Cidadão e do Servidor

Aumento já será pago no próximo salário dos servidores

Em sessão extraordinária realizada nesta quinta (30), a Câmara de São João da Barra aprovou o projeto de lei n° 009/2023, para a concessão do reajuste salarial anual dos servidores públicos, que, este ano, será de 10%. O mesmo percentual foi aprovado para os servidores do Legislativo, por meio do PL n° 010/2023. A Casa também aprovou o PL n° 011/2023, que dispõe sobre o reajuste do Cartão do Servidor (destinado à alimentação), que passará de R$ 400,00 para R$ 550,00. Por fim, os edis aprovaram o PL n° 012/2023, que visa reajustar o valor mensal do Cartão Cidadão, benefício voltado para famílias em situação de vulnerabilidade social, que passarão a receber R$ 600,00.

A solicitação desses reajustes foi feita pelo presidente e vice-presidente da Casa, Alan de Grussaí e Carlos Machado da Silva (Kaká), respectivamente, por meio da indicação nº 012/2023, aprovada na sessão do último dia 07. “É muito importante esse aumento e quero parabenizar a prefeita Carla Caputi por esse reajuste tão merecido. O servidor tem que ser valorizado. Sabemos que o custo de vida tem aumentado cada vez mais e o poder de compra, cada vez menos”, disse Alan. “É um aumento muito merecido para os servidores e para as famílias, e a gente fica feliz de ver nosso pedido sendo atendido pela prefeita, porque vai trazer muitos benefícios para todos”, acrescentou Kaká.

Também na sessão do dia 07 de março, por meio da indicação 009/2023, o vereador Júnior Monteiro solicitou ao Executivo que viabilizasse meios para conceder o reajuste salarial aos servidores públicos do município. Inclusive, sugeriu a mudança na data-base da correção para janeiro, ao invés de março.

Fonte: Câmara municipal de São João da Barra

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
JORNAL TERCEIRA VIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + cinco =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?