Bispo de Campos abrirá ‘Caminho de Santo Amaro’ com Santa Missa em Donana

“São trilhas espirituais, são mapas para o céu. Então quero abençoar a todos os romeiros de Santo Amaro, para que tenham uma experiência muito viva de reencontro por intermédio de Santo Amaro, com o Cristo o Santíssimo Salvador”, declara Dom Roberto.

Romeiros de várias partes do município e até de outras cidades irão participar neste sábado (14/01), do Caminho de Santo Amaro, o padroeiro da baixada campista. Para marcar o início do trajeto, o Bispo Diocesano de Campos, Dom Roberto Francisco Ferrerìa Paz, vai presidir a Santa Missa, às 19h, na Igreja de Santo Amaro, no bairro de Donana. A capela, que também festeja o padroeiro, integra o “Circuito Religioso Caminho de Santo Amaro”.

Quarenta quilômetros separam o Centro do município ao distrito de Santo Amaro. A tradição da festa, que completa 290 anos, teve início em 1648, com a chegada dos monges beneditinos, vindos de Roma, na Itália. De acordo com o bispo, a celebração de Santo Amaro representa as raízes da evangelização e a presença da caminhada histórica do Caminho. “São pouco mais de 39 quilômetros, mas cada vez mais se torna um caminho religioso, um ponto. Um caminho sagrado, que se torna um empreendimento social, cultural e religioso que vai animais no circuito de 25 igrejas. Agora enriquecidos com os monges de Nossa Senhora da Ternura que vieram para cuidar do Mosteiro de São Bento”, afirma Dom Roberto.

Para o bispo diocesano Dom Roberto, o caminho de Santo de Amaro é diferenciado, pois é realizado pela espiritualidade beneditina. “Este percurso integra a mística da conversão, da penitência, a paz com Deus e da reconciliação. É interessante que a diferença de outros caminhos visa um reencontro com a fé, com a Igreja. Todo caminho de alguma forma é de voltar para casa, para Deus, voltar para a prática de uma religião mais viva. Por isso, os caminhos que levam a Deus são abençoados. São trilhas espirituais, são mapas para o céu. Então quero abençoar a todos os romeiros de Santo Amaro, para que tenham uma experiência muito viva de reencontro por intermédio de Santo Amaro, com o Cristo o Santíssimo Salvador”, afirmou Dom Roberto.

Após a celebração Dom Roberto Francisco vai abençoar os romeiros durante o percurso, com aspersão de água benta. A Prefeitura de Campos montou uma estrutura de quatro pontos de apoio ao longo de todo o percurso. Os locais contarão com água, frutas e isotônico para quem estiver na caminhada, além de ambulâncias e equipes da Secretaria Municipal de Saúde para atuar, caso necessário. Os quatro locais de apoio serão no Batalhão da Polícia Rodoviária (BPRV), em Donana, nas localidades de Bugalho, Mineiros e Baixa Grande. “Sempre menciono que o percurso integra a mística da conversão, da penitência, a paz com Deus e da reconciliação. Todo caminho de alguma forma é de voltar para casa, para Deus, voltar para a prática de uma religião mais viva. Por isso, os caminhos que levam a Deus são abençoados. São trilhas espirituais, são mapas para o céu”, afirmou Dom Roberto.

 

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
CAMPOS 24 HORAS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 5 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?