Barra do Pontal em Atafona será aberta pelo Inea nesta terça; fotos

Objetivo da ação é aumentar a vazão do rio para o mar e diminuir a pressão nos diques

Em atendimento a um pedido da Prefeitura de São João da Barra, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) vai realizar, nesta terça-feira (10), a abertura da barra do Pontal de Atafona, em São João da Barra, para aumentar a vazão do rio e diminuir a pressão nos diques da região. A informação foi apurada pelo Campos 24 Horas. Técnicos do órgão fizeram a avaliação da barra na tarde desta segunda-feira, conforme mostram as fotos acima. (leia mais abaixo)

Toda a equipe do órgão foi mobilizada em Campos, São João da Barra e região por determinação do governador Claúdio Castro e do secretário estadual de Governo, Rodrigo Bacellar, a fim de que o órgão agilize os trabalhos para que a população tenha menos problemas em função das chuvas e elevação dos rios.(leia mais abaixo)

SJB reforça porto em Barcelos e dique São João

A Defesa Civil Municipal de São João da Barra está monitorando a situação do Rio Paraíba do Sul e atuando de forma preventiva em Barcelos e no dique São João, no Bairro de Fátima. O nível do rio está estabilizado em 6,3 metros desde o início da manhã desta segunda-feira, 9, mas a previsão é que volte a subir. A cota de transbordo na Sede, onde é feita a medição, é de 8 metros. (leia mais abaixo)

A Secretaria Municipal de Obras e Serviços, junto com a Defesa Civil, protegeu com sacos de areia a região do porto em Barcelos. No dique São João a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Públicos também está adotando medidas de contenção. (leia mais abaixo)

Em 2022 foi feita uma intervenção provisória pelo governo estadual no local do rompimento do dique de Barcelos, que por enquanto não apresenta risco. Também no ano passado a Prefeitura fez um levantamento dos pontos críticos onde poderiam ocorrer novos rompimentos e encaminhou relatório com o mapeamento dos danos e procedimentos para recuperação ao Instituto Estadual do Ambiente (Inea-RJ), Fundação Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ), Ministério Público Estadual e Secretaria Estadual de Infraestrutura e Obras. (leia mais abaixo)

Em novembro do ano passado e no início deste ano a Prefeitura reiterou ao Inea a necessidade de avaliação da segurança da obra realizada e dos demais pontos vulneráveis. (leia mais abaixo)

Nível do Rio Paraíba do Sul está estabilizado em 6,3 metros, mas a previsão é que volte a subir; relatório da Prefeitura com mapeamento dos pontos críticos foi encaminhado em 2022 ao Inea.

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Via
Foto: Campos 24 Horas.
Fonte
campos24horas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + dezesseis =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?