Após ataques, terroristas são transferidos para Papuda e Penitenciária Feminina do DF

Segundo Polícia Civil, 204 pessoas foram presas. Juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais do DF, permitiu transferência sem audiência de custódia; Secretaria de Administração Penitenciária diz que ainda não sabe quantos detidos chegaram às unidades.

Os terroristas presos após os ataques às sedes dos três poderes em Brasília, neste domingo (8), já começaram a ser transferidos para o Complexo Penitenciário da Papuda e para a Penitenciária Feminina do Distrito Federal (PFDF), conhecida como Colmeia.

Segundo a Polícia Civil (PCDF), 300 pessoas encaminhadas ao Departamento de Polícia Especializada (DPE), e 204 foram efetivamente presas por envolvimento nos ataques. Na noite de domingo, a juíza da Vara de Execuções Penais do DF, Leila Cury, permitiu a transferência dos detidos, da carceragem da PCDF para os presídios, sem necessidade de audiência de custódia.

Veículo da PCDF usado para transferência de presos — Foto: TV Globo/Reprodução

Questionada a Secretaria de Administração Penitenciária do DF (Seape-DF), disse que ainda não tem o número de pessoas que já chegaram à Papuda e à colmeia. Os criminosos estão sendo levados em grupos, em veículos das forças de segurança do DF.

Resumo dos ataques

 

  • Bolsonaristas terroristas invadiram e depredaram Palácio do Planalto, Congresso e STF. Veja fotos de quem participou da destruição.
  • O movimento golpista que ocorre há semanas em Brasília foi engrossado por dezenas de ônibus que chegaram no fim de semana.
  • Apesar disso, a PM do DF mantinha poucos homens no local e não conseguiu frear os terroristas. A polícia foi criticada e acusada de omissão.
  • Obras de arte e móveis foram quebrados no palácio presidencial. O plenário do STF ficou destruído. Veja FOTOS e VÍDEOS da barbárie.
  • Lula decretou intervenção federal para assumir a segurança do DF, e o governo pediu a prisão do bolsonarista Anderson Torres, que respondia pela segurança em Brasília.
  • O ministro do STF Alexandre de Moraes determinou o afastamento do governador Ibaneis Rocha (MDB) por, pelo menos, 90 dias. Quem assume o cargo é a vice, Celina Leão (PP).

 

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Via
Por Pedro Alves Neto, g1 DF
Fonte
G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 3 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?