Alunos de SJB participam de Encontro Internacional de Astronomia e Astronáutica

Evento aconteceu no Instituto Federal Fluminense de Campos, no Campus Guarus

Os 15 alunos do ensino fundamental do Centro Municipal de Educação Avançada (Cmea) de Mato Escuro, quinto distrito de São João da Barra, vencedores do concurso artístico do projeto Ópera Brasileira da Ciência, realizado em escolas da rede pública municipal, participaram no último fim de semana, do XV Encontro Internacional de Astronomia e Astronáutica, no Instituto Federal Fluminense (IFF) Campos – Campus Guarus.

Eles apresentaram a música autoral sobre o tema “A ciência dos nossos ancestrais”. Com uma letra coesa e uma melodia criativa, a canção deu destaque ao astrônomo Domingos Fernandes da Costa e ao engenheiro João Martins da Silva Coutinho, sanjoanenses que foram importantes na área da Ciência.

O evento contou, também, com a presença de 10 alunos do 6º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Amaro de Souza Paes, de Grussaí, terceiro distrito, que foram homenageados devido à obtenção da maior pontuação entre as escolas sanjoanenses integrantes do projeto Missão X, ao elaborar uma atividade voltada ao cultivo de plantas a partir de um contexto de vida espacial.

“A perspectiva pedagógica adotada pela rede municipal de ensino valoriza projetos dessa natureza, que estimulam a pesquisa e a iniciação científica sob o prisma da educação integral. E para nós é uma honra e felicidade ver o nosso trabalho sendo reconhecido através de nossos alunos em um evento tão importante como esse, alcançando resultados positivos”, declarou o subsecretário municipal de Educação, Cláudio Andrade.

O projeto Ópera Brasileira da Ciência, inspirado no Global Science Opera (Ópera Mundial da Ciência), da Universidade da Noruega Ocidental, é desenvolvido pelos municípios de São João da Barra, São Francisco de Itabapoana e Santa Maria Madalena em parceria com a Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (Uenf). O objetivo é desenvolver a criatividade dos estudantes, estimular o trabalho colaborativo e promover o desenvolvimento do projeto Ópera Mundial da Ciência.

Já o Missão X é um projeto desenvolvido pelas agências espaciais europeias, facilitado pelo Centro Europeu de Recursos de Educação Espacial e pelos organizadores nacionais voluntários, sendo no Brasil o professor e pesquisador da Uenf, Marcelo Souza, e no município de São João da Barra os coordenadores pedagógicos de Ciências, Aline Marcelino, e de Educação Física, Bruno Menezes. O projeto Missão X usa a exploração espacial para inspirar os estudantes a aprenderem sobre nutrição, exercício e espaço, visando o cuidado com o corpo e a saúde, além de aprendizagens sobre o universo.

Professora da Noruega e engenheiro da Nasa visitam Cmea de Mato Escuro – A norueguesa Janne Robberstad, professora da Universidade da Noruega Ocidental, e o americano Gabe Gabrielle, ex-engenheiro da Nasa, que participaram do XV Encontro Internacional de Astronomia e Astronáutica, realizado em Campos entre os dias 27 e 29 deste mês, visitaram na última quarta-feira, 26, o Centro Municipal de Educação Avançada (Cmea) de Mato Escuro. Na oportunidade, Janne desenvolveu entre os alunos atividades dinâmicas de projetos de arte e criatividade e Gabe palestrou sobre sua trajetória acadêmica e profissional, sendo um exemplo de superação e motivação para os alunos.

Fonte: Secom

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
JORNAL TERCEIRA VIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − seis =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?