Agricultor que tentou matar irmão com tiro de espingarda cumprirá 14 anos de prisão

Um homem acusado de tentativa de homicídio praticada contra o próprio irmão foi condenado em júri realizado na comarca de São Miguel do Oeste. O crime ocorreu no interior do município de Guaraciaba, em 2022. A pena foi fixada em 14 anos de reclusão no regime fechado e um ano de detenção no semiaberto. O réu ainda foi condenado ao pagamento de R$ 50 mil como indenização por danos morais à vítima. Ele teve negado o direito de recorrer em liberdade.

O conselho de sentença reconheceu as qualificadoras de motivo fútil e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima. Ele também responde por porte ilegal de arma de fogo. A sessão foi conduzida pela equipe da Vara Criminal da comarca.

De acordo com a denúncia, o acusado e a vítima – na época com 61 anos de idade – se desentenderam por causa da alimentação dos bois que o réu possuía. Foi por volta de 20h do dia 25 de março do ano passado. Aproximadamente 15 minutos depois da discussão, o agressor voltou com uma espingarda e, à sorrelfa, disparou contra o irmão. A vítima só foi socorrida no dia seguinte por outro irmão. Mesmo assim, conseguiu se recuperar (Autos n. 5002128-86.2022.8.24.0067).

Imagens: Divulgação/Pixabay
Conteúdo: Assessoria de Imprensa/NCI
Responsável: Ângelo Medeiros – Reg. Prof.: SC00445(JP)
O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJSC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?