Advogado que atropelou servidora pública no Lago Sul é condenado a 11 anos de prisão

No início da madrugada desta quarta-feira, 26/7, a Juíza Presidente do Tribunal do Júri de Brasília, em conformidade com a decisão soberana do júri popular, condenou o advogado Paulo Ricardo Moraes Milhomem a 11 anos de prisão, em regime Inicial fechado, por atropelar a servidora pública Tatiana Matsunaga, após uma discussão de trânsito. Paulo foi condenado por tentativa de homicídio duplamente qualificado pelo motivo fútil e uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Os fatos ocorreram na manhã do dia 25 de agosto de 2021, em via pública, em frente à casa da vítima, no Lago Sul, Brasília/DF. No entendimento do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) , o réu, após uma discussão no trânsito com Tatiana, perseguiu a mulher até sua residência e, assumindo o risco de produzir o resultado morte, atropelou a vítima, na presença do marido e filho da ofendida e, em seguida, passou com o automóvel por cima dela, que, apesar de gravemente ferida, foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada ao hospital, onde recebeu atendimento médico.

No julgamento, além da vítima e do réu, nove testemunhas foram ouvidas em Plenário. Entre elas, dois peritos criminais da Polícia Civil do DF e um perito particular contratado pela defesa do réu. A sessão iniciou às 10h20 da manhã do dia 25/7 e chegou ao fim por volta da uma hora da madrugada desta quarta-feira, 26/7.

O réu respondeu ao processo preso desde o dia dos fatos e teve vários pedidos de habeas corpus negados pela Justiça. A prisão foi mantida, uma vez que, segundo a Juíza Presidente do Tribunal do Júri, “não há fato novo que justifique a superação das premissas que determinaram a custódia cautelar; pelo contrário, a condenação reforça seus fundamentos”.

Acesse o PJe1 e confira o processo: 0729931-03.2021.8.07.0001

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJDFT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − quatro =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?