4 de janeiro é o Dia Mundial do Braille

Em 2018, a ONU proclamou o 4 de janeiro como o Dia Mundial do Braille, para aumentar a conscientização sobre a importância do Sistema Braille como meio de comunicação para as pessoas cegas ou com baixa visão.

A data remete ao dia do nascimento, em 1809, do criador do Sistema Braille, o francês Louis Braille.

O braille é um sistema de escrita e leitura tátil, baseado em 6 pontos em relevo. Esses pontos, em diferentes posições, permitem a formação de 63 símbolos, com os quais é possível representar quaisquer sinais necessários à comunicação.

A leitura em braille pode ser feita no papel ou com linha braille – um equipamento, utilizado de forma autônoma ou conectado a computador, celular, tablet, que transforma o conteúdo em informação tátil, exibida dinamicamente em braille.

A escrita pode ser feita com reglete (régua-guia) e punção (caneta que pressiona o papel), máquina de escrever braille, impressora braille e, em alguns casos, também é possível com linha braille (dispositivo que mostra o texto de forma tátil).

Mesmo com as novas tecnologias, o braile continua importante para que as pessoas cegas ou com baixa visão possam ler livros, números em elevadores, placas em repartimentos, dentre outros. Além de poderem escrever.

O TJDFT acredita que o respeito à diversidade é solo fértil para o desenvolvimento de ideias inovadoras e garantia de uma Justiça acessível a todas as pessoas.

Clique aqui para ler as Sementes da Inclusão publicadas pelo TJDFT.

O NABALANCANF APENAS REPOSTA A NOTÍCIA QUE SE FEZ PÚBLICA SEM TECER QUALQUER COMENTÁRIO A RESPEITO DA MATÉRIA OU SE RESPONSABILIZAR PELA MESMA. TEM O CUNHO MERAMENTE INFORMATIVO.
Fonte
TJDFT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 3 =

Especialista

Olá! você têm alguma dúvida?